+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Seminário do PCE avalia ciência feita por alunos da rede pública

Estudantes da rede pública municipal e estadual de ensino de Manaus apresentarão, nos dias 17 e 18 deste mês, os resultados dos projetos de pesquisa desenvolvidos nas escolas por meio do Programa Ciência na Escola (PCE). As apresentações ocorrerão na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM) da Secretaria Municipal de Educação (Semed), na Avenida Mário Ypiranga Monteiro, no Parque Dez.

As apresentações fazem parte do Seminário de Avaliação Final do PCE. O evento tem como objetivo consolidar o conhecimento adquirido ao longo dos estudos para contribuição e promoção da socialização do saber científico na comunidade escolar.

Ao todo, serão apresentados 146 resultados de projetos de pesquisa, sendo 47 referentes a estudos desenvolvidos em escolas da rede pública municipal de ensino e 99 realizados por estudantes da rede pública estadual de ensino com sede em Manaus.

Dentre os projetos de pesquisa que serão apresentados está o intitulado ‘Minha escola, o mapa e eu: como anda a leitura e a interpretação de mapas na Escola Estadual Marechal Hermes?’, desenvolvido pelos alunos da Escola Estadual Marechal Hermes, na Cachoeirinha. O estudo tinha como objetivo despertar o interesse e motivar os alunos na compreensão de mapas, fomentando a importância à sociedade e seu uso nos mais diversos campos do saber.

Intitulado ‘WAYKIHU a estrela do ontem, e do amanhã: educação infantil Sateré – Mawé versus educação infantil formal’, o projeto também será apresentado durante o Seminário de Avaliação pelos estudantes do Colégio Brasileiro Pedro Silvestre. Eles analisaram de que forma o conhecimento tradicional (educação formal) está sendo repassado aos estudantes indígenas em escolas públicas às crianças sateré-mawé, moradoras da comunidade Waikihu, no bairro Redenção, em contraste com os conhecimentos tradicionais repassados por seus familiares.

Transformando ciência em produtos

Os alunos da Escola Municipal Engenheiro João Alberto Braga apresentarão como conseguiram fabricar xampu a partir de elementos da floresta amazônica. A pesquisa, denominada ‘Criação de xampu caseiro utilizando elementos da floresta amazônica: educação em Química no Ensino Fundamental’, visou relacionar o conteúdo do livro didático de Química com situações do dia a dia dos estudantes.

PCE em números

O PCE é um programa pioneiro no País na inserção de estudantes no universo da pesquisa científica. Nos últimos dez anos, o governo do Estado, via FAPEAM, destinou recursos na ordem de R$ 21,6 milhões para o desenvolvimento de projetos de pesquisas dentro das escolas.

Nos últimos dez anos, os investimentos possibilitaram que 7,7 mil estudantes da capital e do interior do Estado fossem inseridos no universo da pesquisa científica.

Cada projeto de pesquisa conta com cinco estudantes bolsistas que executam as atividades sob a coordenação de um professor por um período de seis meses. Neste período, eles têm de apresentar os resultados parciais, realizar atividades na escola para divulgar os conhecimentos adquiridos, além de, ao final do projeto, apresentar para os demais estudantes os resultados alcançados.

Sobre o PCE

O Programa Ciência na Escola (PCE), criado em 2004 pelo governo do Estado via Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti-AM) e FAPEAM em parceria com as Secretarias de Estado de Educação (Seduc) e Municipal de Educação (Semed), é uma ação de alfabetização científica e tecnológica, destinada aos professores e estudantes dos Ensinos Fundamental e Médio que desenvolvem projetos de pesquisa em escolas públicas municipais e estaduais do Amazonas.

Fonte: Fapeam

Próximos Eventos