Giro nos Estados

Selecionados para “Brasília Sem Fronteiras” fazem treinamento

Os 126 alunos dos Centros Interescolares de Línguas (CILs) selecionados para o programa “Brasília sem Fronteiras” participaram, neste sábado (12), de um curso preparatório sobre o intercâmbio, com dicas para a viagem internacional que farão em novembro.

“Esse programa é um investimento para a nossa cidade; é a formação de vocês que vai interferir no nosso futuro. Se não usarmos todas as ferramentas disponíveis, não conseguiremos acompanhar o desenvolvimento do mundo e não seremos competitivos”, disse o governador Agnelo Queiroz, antes na abertura do curso.

Durante o encontro, na Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais de Educação do DF (EAP), os participantes ouviram relatos sobre a importância desse tipo de experiência na vida pessoal e profissional do intercambista.

O evento contou com palestras do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF, Glauco Rojas, e do deputado distrital professor Israel.

“É importante ressaltar que depois dessa primeira experiência, ninguém pare a formação e faça outros cursos de aperfeiçoamentos de extensão maior”, acrescentou o governador.

O PROGRAMA – Durante quatro semanas, os 126 alunos da rede pública e outros 64 servidores do GDF selecionados participarão dos cursos nas universidades de Georgetown, em Washington (EUA); de Haia (Holanda); de Krems e no Instituto de Tecnologia da Áustria (ambos na Áustria).

Em 2014 serão 1,9 mil selecionados para estudarem nos Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Espanha, Nova Zelândia e Cingapura, entre outros possíveis destinos, também pelo programa “Brasília Sem Fronteiras”.

A ideia é viabilizar locais para estudantes e servidores receberem qualificação e aperfeiçoarem os recursos humanos do DF para, por consequência, melhorar o desenvolvimento da cidade e do país.

O DF é a primeira unidade da Federação a colocar em prática um programa de qualificação e aperfeiçoamento profissional de brasileiros no exterior.

Fonte: SECT-DF

Próximos Eventos