+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Sedetec – Sergipe participa da entrega de prêmios BNB a empreendedores sergipanos

A cerimônia de premiação do IX Prêmio do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) de Microcrédito e I Prêmio Banco do Nordeste de Agricultura Familiar, realizada pela instituição financeira, na manhã desta quarta-feira, dia 11, em Aracaju, contou com a participação do Governo do Estado. O diretor-presidente da Junta Comercial de Sergipe (Jucese), Vinícius Mazza, representou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), Saumíneo Nascimento, que integrou a comissão julgadora do prêmio, no último dia 14 de junho.

A premiação teve como público-alvo pequenos produtores e empreendedores inseridos no programa de incentivo ao microcrédito bancário e ao desenvolvimento econômico do Estado de Sergipe.

Para Vinícius Mazza, a participação da Sedetec no evento ressalta a importância dessa iniciativa para a vida de pequenos investidores no Estado. “É muito importante esse tipo de ação para apoiar os microempreendedores do comércio e da agroindústria. A Sedetec como parceira do Banco do Nordeste, em realizações dessa natureza, fortalece o desenvolvimento econômico e social do Estado, por meio de atividades direcionadas ao setor comercial, de serviços e indústria”, explica o dirigente da Jucese.

Foram premiados 9 empreendedores sergipanos, escolhidos entre os 17 clientes da instituição, selecionados previamente, que fizeram suas inscrições nas 14 unidades do BNB espalhadas pelo Estado.  O processo de seleção dos concorrentes se deu através da iniciativa dos agentes de investimentos do BNB, que acompanham regularmente cada investidor do programa de microcrédito CrediAmigo. A comissão avaliou três níveis de investidores, o de Subsistência, Acumulação Simples e Acumulação Ampliada, sendo que apenas um ganhador, por nível, recebeu o prêmio de mil reais.

Dentre os clientes selecionados, a dona de casa Josefa Maria dos Santos, 65 anos, trabalha há 20 anos comercializando produtos de cama, mesa e banho na feira do Lagarto e atualmente conseguiu montar uma pequena loja de confecções dentro da sua própria residencia. “Comecei do zero, vendendo uma peça de roupa aqui e ali. Depois de conhecer o programa CrediAmigo, através de uma vizinha, resolvi investir e hoje vejo o quanto meu negócio cresceu após essa ajuda do banco”, conta Josefa.

Já a artesã Maria José dos Santos, 48 anos, descreve sua participação no programa de microcrédito como uma oportunidade de geração de frutos positivos. “Estou muito satisfeita em estar aqui hoje recebendo essa premiação, pois vejo como um reconhecimento do trabalho que desenvolvo há 10 anos e que faço com muito prazer”, diz a empreendedora que é viúva, tem quatro filhos e mora na cidade de Umbaúba, onde confecciona ursos de pelúcia, almofadas e capas para bancos de veículos, entre outras peças artesanais.

Para o superintendente do BNB em exercício, Hermínio Carvalho Neto, o objetivo da premiação é reconhecer e estimular as iniciativas de sucesso financiadas pela linha de microcrédito do banco. “Parabenizamos os produtores e empreendedores que acreditaram em sua capacidade e buscaram junto ao BNB a oportunidade de melhoria de vida e renda, através dos programas oferecidos pela instituição, que atende a cada um de forma personalizada, através de seus assessores de crédito”, disse, se referindo ao prêmio de microcrédito, que já está em sua nona edição e ao recém-criado prêmio de Agricultura Familiar.

Fonte: Ascom – Sedetec – Sergipe

Próximos Eventos