+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Sedetec (SE) participa de reunião com beneficiários de Edital de Apoio a APLs

Presidentes de associações produtivas e beneficiários diretos de programas selecionados para o III Edital de Apoio a Arranjos Produtivos Locais (APLs) e Atividades Produtivas de Baixa Renda participaram na manhã desta terça-feira, 24, de reunião de trabalho na Secretaria de Estado da Mulher, Inclusão e Assistência Social, do Trabalho, dos Direitos Humanos e da Juventude (SEIDH).

 A iniciativa em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (SEDETEC) e o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), visa apoiar as atividades produtivas dos 38 projetos aprovados, à medida que combate a pobreza e a miséria em Sergipe. Somente nesse terceiro edital foram disponibilizados R$ 6 milhões, com recursos advindos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza e do BNDES, cada um respondendo por 50% do valor. Juntos os três editais somam R$ 12 milhões em recursos destinados a projetos de inclusão produtiva.

 Como entidade coordenadora do Núcleo Estadual de Arranjos Produtivos Locais (NAPL-SE), a Sedetec é a instituição interveniente no projeto e deverá auxiliar no acompanhamento, monitoramento e avaliação da execução técnica das atividades apoiadas. “O Núcleo Estadual de APLs de Sergipe é uma referência nacional em governança junto ao Grupo de Trabalho Permanente do APLs do MDIC. A parceria entre Sedetec, BNDES e a SEIDH existe desde 2010 e tem produzido os mais exitosos resultados em favor dos APLs, em especial àqueles de base agroindustrial. Além disso, sua aplicação como ação para a inclusão produtiva pode ser um dos instrumentos mais poderosos para superar a pobreza e a miséria no estado de Sergipe”, ressaltou Magaiver Correia, representante da Sedetec na parceria.

 De acordo com Heleonora Cerqueira, diretora do Departamento de Renda e Cidadania (DRC) da SEIDH, foram apresentados 83 projetos, dos quais 50 passaram pela primeira etapa e desses 38 foram selecionados para receberem o benefício. “Os projetos foram avaliados por uma comissão técnica formada por representantes da SEIDH, SEDETEC, ADEMA, UFS, BANESE e EMDAGRO e hoje os beneficiários estão aqui para discutirmos os aspectos técnicos da documentação que as associações devem apresentar a fim de iniciarmos o processo de conveniamento”, disse ao destacar que nesse 3º Edital os beneficiados são, em sua maioria, da agricultura familiar, seguidos por produtores orgânicos, pecuária leiteira, ovinocaprinocultura, apicultura, piscicultura e pesca artesanal.

 Para o presidente da Associação dos Moradores do Povoado Tibúrcio e Circunvizinhos, Valdomiro dos Santos, os recursos servirão para mudar a vida da comunidade composta por 40 pescadores. “Com esse dinheiro vamos poder investir na compra de equipamentos de pesca, bem como na aquisição de barcos próprios, motor, freezer, redes entre outras coisas que servirão para incrementar nossa atividade e gerar mais empregos, renda e garantir o sustento de nossas famílias”, comemorou o pescador da comunidade que fica localizada no município de Estância.

 A secretária Marta Leão, da SEIDH, deu as boas vindas aos participantes da reunião, reforçando a proposta do Governo do Estado em cada vez mais apoiar os agricultores e produtores rurais de Sergipe. “A secretaria está sempre de braços abertos para os agricultores, pois essa é a casa de vocês e o governador Jackson Barreto sabe das dificuldades de todos e quer fazer cada vez mais para beneficiá-los”, enfatizou ao abrir a reunião.

Fonte: SEDETEC-SE

Próximos Eventos