+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

SECTI, FACEPE E ITEP realiza oficina de inovação em Pernambuco

Com o intuito de conectar o setor público ao industrial, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), através da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), realizou uma oficina de inovação, nesta sexta-feira (26), na sede da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe). A reunião teve como objetivo aproximar o ecossistema da Secti, com suas vinculadas, Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) e o Parque tecnológico de Eletroeletrônicos e Tecnologias Associadas (Parqtel), da indústria pernambucana, através da Fiepe e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), com o Instituto SENAI de Inovação para Tecnologias da Informação e Comunicação (ISI-TICs), para a elaboração de políticas públicas de CT&I para geração de mais competitividade e produtividade. Ao fim do encontro, foi proposta a assinatura de um acordo de cooperação entre Itep, Parqtel e Senai

Na oportunidade, estiveram presentes o secretário de CT&I, Lucas Ramos, o diretor-presidente da Fiepe, Ricardo Essinger, o presidente da Facepe, Fernando Jucá, o diretor Industrial do Senai, Oziel Alves, a diretora do Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (Cetene), Giovanna Machado, o professor do Centro de Ciências Exatas e da Natureza da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Anderson Gomes, o presidente do Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), Antônio Vaz, e o gerente Geral de Ambiente de Inovação da Secti, Alexandre Maciel.

“A Fiepe, junto com o Senai, é o agente de promoção das políticas públicas voltadas para o desenvolvimento da indústria. Sendo, portanto, uma parceira fundamental para o desenvolvimento de Pernambuco no âmbito do setor produtivo, próximo das empresas”, disse Lucas Ramos, destacando que juntos, e por meio de parcerias, é possível trabalhar na construção de soluções que sejam pensadas a várias mãos, inclusive, trabalhando em conjunto com a academia. “É a pesquisa e a ciência voltada para a resolução de problemas vividos por empresários e funcionários”, destacou ele, reforçando que, por meio do trabalho em conjunto será possível promover mais empregos, mais renda e mais competitividade para as empresas pernambucanas.

Durante a ação, os presentes tiveram a oportunidade de trocar conhecimentos por meio das ações de cada órgão que estavam representando. “Hoje foi um dia de aprendizados e de troca de experiência. Acredito que agora, sim, vamos poder firmar uma parceria e desenvolver projetos em um curto espaço de tempo”, falou o diretor presidente da Fiepe, Ricardo Essinger, quando enfatizou que um “muro” afastava a indústria do serviço público. “Tentamos várias vezes, mas nunca conseguimos firmar parceria alguma. Desistimos. E, agora, com o secretário Lucas Ramos, vamos conseguir trabalhar. Quem ganha é o povo de Pernambuco que, na ponta, terá mais serviço em favor da população”, finalizou.

“Vamos caminhar juntos. São mais de R$ 70 milhões de orçamento para trabalhar durante o ano. Imagina conseguir unir a Fiepe, na articulação com as indústrias, com a Facepe no desenvolvimento da pesquisa articulada com as universidades? Ao firmar a parceria, a gente só vai ganhar. Ganhar na agilidade e no desenvolvimento para, em um curto espaço de tempo, beneficiar o povo”, explicou o presidente Fernando Jucá.

 

 

 

 

Fonte: SECTI PE em 03/03/2021

Próximos Eventos