+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Secti e parceiros discutem criação de Rede Baiana de Empreendedorismo e Incubação

Financiadores, jovens empreendedores, incubadoras e o governo do Estado se reuniram no Parque Tecnológico da Bahia, na terça-feira (12), para discutir o projeto da Rede Baiana de Empreendedorismo e Incubação. Foram debatidos assuntos sobre como desenvolver a rede e as ações que ela irá se propor para disseminar a cultura empreendedora e dinamizar o ambiente de incubação de base tecnológica.
Capitaneado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), o projeto pretende contribuir para o desenvolvimento da competitividade do Estado da Bahia, nessas áreas. Estiveram presentes representantes da Fapesb, Desenbahia, Banco do Nordeste, Sebrae e representantes de incubadoras e do movimento empreendedor do Estado.
Thomáz Coelho, que representou o Senai Cimatec, salientou  a importância da Secti em encabeçar o projeto. “Quero parabenizar a Secti pelo trabalho que está fazendo. Eu entendo que é o primeiro passo para a gente poder construir uma Bahia cada vez mais empreendedora”. Já Jonathan Pedreira, da Liga Baiana de Empreendedorismo, pontuou a falta de engajamento dos jovens, “A dificuldade de incentivar o empreendedorismo tá ligado à base. Não existe um fluxo muito grande de alunos engajados. A questão é potencializar, o cara já sair da universidade pronto para empreender”, disse, já que a iniciativa do R-BEI visa solucionar esse problema.
Fonte: SECTI-BA

Próximos Eventos