+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Secti e Fapespa abrem edital para melhoramento da cadeia do cacau no Pará

Rede de Pesquisa CacauProdução de cosméticos sofisticados, ração para animais, licores e as tradicionais barras de chocolate são alguns dos produtos surgidos a partir do processamento industrial do cacau. No Brasil, o Estado do Pará desponta como o segundo produtor nacional de cacau em amêndoas, mas sua cadeia produtiva ainda carece de produção em escala capaz de viabilizar o estabelecimento do segmento industrial, com a consequente agregação de valor e geração de empregos no Estado.

Para tentar reverter esse cenário e contribuir com o desenvolvimento sustentável da Amazônia amparado em pesquisas científicas e tecnológicas, a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a Fundação Amazônia Paraense (Fapespa) elaboraram o Edital de Apoio ao Desenvolvimento de Rede de Pesquisa em Fruticultura Tropical: Melhoramento da Cadeia do Cacau, o qual compõe o Programa Redes de Pesquisas para o Desenvolvimento Sustentável, de responsabilidade conjunta entre as duas instituições.

O objetivo principal é apoiar financeiramente atividades integradas de pesquisa científica mediante a seleção de propostas voltadas a formação de redes de pesquisa a partir dos seguintes eixos prioritários: “Caracterização microbiológica, química, física, físico-química e organoléptica de amêndoas de cacau amazônico”, “Estudo do processamento pós-colheita (fermentação e secagem)” e “Estudo do aperfeiçoamento de produtos artesanais do cacau”.
O Edital prevê o investimento de R$600 mil reais, destinados para o financiamento de diversas modalidades de bolsas, custeio de passagens, diárias, materiais de consumo, serviços de terceiros com pessoa física e jurídica, equipamentos e materiais permanentes.
Instituições públicas e privadas sediadas no Pará poderão inscrever propostas até o dia 22 de maio deste ano, por meio de formulário eletrônico que já se encontra no sistema on line da Fapespa. Entre os requisitos, está a obrigatoriedade da participação de, no mínimo, cinco pesquisadores doutores na elaboração do projeto, o qual deve agregar subprojetos complementares ao objetivo principal da proposta, no intuito de caracterizá-la como rede de pesquisa.
O resultado final e a contratação dos projetos aprovados estão previstos para junho deste ano. Para conferir o edital completo, acesse o site da Fapespa: www.fapespa.pa.gov.br.
Fonte: SECTI-PA

Próximos Eventos