Giro nos Estados

Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia do Sergipe apresenta economia sergipana a representantes da Turquia

Representantes da Turquia estiveram nesta quinta-feira, 23, na Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) com o objetivo de conhecer as potencialidades econômicas e oportunidade de negócios no Estado de Sergipe. Participaram do encontro o empresário e tradutor do Centro Cultural Brasil-Turquia, Fatih Ugur Ozarpak, o secretário geral da Associação Empresarial Brasil-Turquia (ASEBT), Mevlüt EMRAH, e o colunista, representante no Brasil, do jornal turco Zaman.

Na oportunidade, o secretário da Sedetec, Saumíneo Nascimento, apresentou um breve panorama sobre as potencialidades de Sergipe, mostrando os setores atrativos, a estrutura logística do Estado, os setores competitivos, bem como o crescimento que o Estado tem tido no mercado internacional e a evolução apresentada na parte de ciência e tecnologia.

Sobre novas oportunidades, o secretário citou as áreas de energia eólica, química fina (perfumes), turismo, tecnologia da informação, minerais, têxtil, dentre outros, e comentou, ainda, sobre a ampliação/reforma do aeroporto de Aracaju. Dentro dessas perspectivas, foram brevemente apresentadas as ações das vinculadas da Sedetec: Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica (Fapitec), Companhia de Desenvolvimento Industrial e de Recursos Minerais (Codise), Instituto Tecnológico e de Pesquisas (ITPS), Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec) e a Junta Comercial (Jucese).

Durante a apresentação, Fatih Ugur Ozarpak questionou sobre o tempo de aberturas de empresas, citando a sua experiência em outro Estado onde passou cerca de 3 meses para iniciar as atividades empreendedoras. Saumíneo informou que a Junta sergipana investe, nos últimos anos, em tecnologia e interiorização, o que reduz o tempo de atendimento e a fila de espera, bem como facilitando o acesso em cada região do Estado. “Temos como exemplo o procedimento de duas grandes empresas aqui do Estado que conseguiram abrir seus negócios em apenas 4 horas”, explica Saumíneo. Admirado, Fatih disse que “esse foi o procedimento mais rápido que vi até agora no Brasil”.

Por fim, após apresentação das potencialidades econômicas de Sergipe, o secretário da ASEBT, Mevlüt EMRAH, diz ter chamado a sua atenção os setores do turismo e têxtil no Estado, por serem áreas com muitas oportunidades para investir. “Acreditamos que estas áreas podem gerar bons frutos e vamos trabalhar sobre isso”, ressaltou Meylüt ao informar que convidou Sergipe para participar de evento na Turquia onde será possível as potencialidades do Estado.

“É uma honra para Sergipe receber a delegação da Turquia. Nossa perspectiva é que a partir desse primeiro contato possamos interagir mais com a Câmara de Comércio Brasil-Turquia na perspectiva não só de investimentos deles, mas deles também realizarem parcerias com outros investidores locais ou internacionais que estejam interessados. É por meio dessa comunicação com empreendedores nacionais e internacionais que pretendemos atrair mais investimentos que possam gerar mais emprego e renda”, ressalta Saumíneo Nascimento.

Fonte: Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia do Sergipe

 

Próximos Eventos