+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação do Estado de Alagoas realiza apresentação para Financiadora de Estudos e Projetos

No encontro, foram debatidas questões jurídicas, tributárias, econômicas e capacitação, além da utilização de recursos nos projetos

O engajamento do Governo de Alagoas no processo de construção do sistema alagoano de inovação e do fortalecimento das incubadoras da Rede Alagoana de Incubadoras (RAI) tem rendido bons frutos. Por conta disso, a rede promoveu, na última semana, o encontro de gestores da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) com o analista de projetos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) Rui Gregório de Andrade, quando foi apresentada a situação dos projetos.

No encontro, foram debatidas questões jurídicas, tributárias, econômicas e capacitação, além da utilização de recursos nos projetos. “Estamos buscando mostrar o que é ciência e tecnologia no Estado”, explicou o superintendente da Secti, João Geraldo, ressaltando que o encontro abriu portas para possíveis parcerias com a Financiadora de Projetos. “A partir de agora, junto com a equipe da Finep, iremos analisar quais deles poderão se adequar às condições para receber o devido suporte”, disse.

Foram apresentados os projetos estratégicos de inclusão digital executados pela secretaria, como o Telecentro.BR, que proporciona acesso público e gratuito às tecnologias da informação e comunicação, com computadores conectados à internet disponíveis para múltiplos usos, incluindo navegação livre e assistida e cursos.

Já quanto ao convênio com a Agência de Cooperação Espanhola (Aecid), o superintendente explicou que permitirá a consolidação dos principais projetos desenvolvidos pela Secti, a exemplo do Parque Tecnológico Social de Alagoas e seus devidos Polos Tecnológicos. Em pleno processo a implantação, a Fundação do Parque Tecnológico fará a gestão dos polos tecnológicos e o papel de integração entre academia e setor produtivo, realizando a tão importante inovação.

O Parque Tecnológico de Alagoas tem, até o momento, quatro polos em implantação: Polos Tecnológicos Agroalimentares de Arapiraca e Batalha, Polo Tecnológico da Informação, Comunicação e Serviços e Polo Tecnológico da Química, Plástico e Materiais.

O secretário-adjunto de Ciência, Tecnologia e Inovação, Maurilho Alves, aproveitou para destacar o empenho do grupo no processo gerencial das incubadoras e o apoio dado pelo órgão. “É impressionante o comprometimento do grupo. Nossa intenção é criar políticas estruturantes que deem continuidade a esse processo, independente de qualquer mudança que possa vir a acontecer no Governo”, afirmou.

Também estiveram presentes à reunião o diretor de Parques Tecnológicos, Adeilto Lima, e representantes do Senai, da Federação das Indústrias de Alagoas (Fiea/IEL), do Cesmac, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Planejamento (Seplande).

Fonte: Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação do Estado de Alagoas

Próximos Eventos