Giro nos Estados

Secitec MT terá participação no programa ‘Brasil Sem Miséria’

A tecnologia do programa educacional ‘MT Preparatório’, executado pela Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia (Secitec), será uma das armas dos governos estadual e federal no combate à extrema pobreza.  A ferramenta que interliga todos os 141 municípios através de imagens transmitidas via satélite de um estúdio de televisão será utilizada na realização de cursos de capacitação e qualificação a longa distância. De acordo com a secretária de Estado de Ciência e Tecnologia, Áurea Regina Alves Ignácio, o papel da pasta será de auxiliar o Executivo estadual e federal nas ações conjuntas com foco no combate à miséria e também na solução dos conflitos nas áreas de regularização fundiária e ambiental.

Durante o lançamento do ‘Plano Mato Grosso Sem Miséria’ na tarde desta segunda-feira (16), no Cenarium Rural, em Cuiabá, com a presença da ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tereza Campello, e do governador Silval Barbosa, a Secitec foi apresentada como uma das secretarias de Mato Grosso que irá trabalhar interligada junto a outras pastas na busca pela qualificação profissional da mão de obra estadual.

A Secretaria de Ciência e Tecnologia dispõe hoje de nove escolas técnicas – Alta Floresta, Barra do Garças, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Rondonópolis, Sinop, Tangará da Serra, Campo Verde e Poxoréu – espalhadas pelo Estado e realiza cursos de extensão em outros município. No encontro entre o secretariado do Governo de Mato Grosso com a ministra Tereza Campello, Áurea Regina apresentou a representante do Governo Federal as unidades técnicas e propôs que as mesmas ofereçam cursos de qualificação em área prioritárias, de acordo com cada demanda regional. “Me proponho a oferecer cursos de duração média de 200 a 300 horas, que atinjam aqueles que estão em situação econômica crítica para que através de uma capacitação, possa encontrar empregos com faixa salarial maior e conseqüentemente melhorar a renda”, comenta Áurea Regina.

Em conjunto com o Plano Brasil Sem Miséria – implantado pelo Decreto Federal nº 7.492, de 02 de junho de 2011, o Plano Mato Grosso Sem Miséria incrementará a redução das desigualdades sociais e melhoria de vida de 174 mil pessoas, representando 5% da população mato-grossense, que se encontra em situação de extrema vulnerabilidade socioeconômica.

A meta do governo estadual é erradicar a extrema pobreza até 2014, em ações conjuntas com o Governo Federal.

Fonte: Secitec-MT

Próximos Eventos