+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Scit e FEE unem-se para mapear as potencialidades da cadeia tecnológica do Rio Grande do Sul

O ranking de Competitividade dos Estados Brasileiros apontou que o Rio Grande do Sul é o quarto melhor em ambiente de negócios e competitividade por investimentos no país. E, para incentivar ainda mais o crescimento deste índice, a Secretaria da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (Scit) e a Fundação de Economia e Estatística (FEE) firmaram um acordo, nesta quinta-feira (07), para mapear as potencialidades da cadeia tecnológica no Estado.

Conforme o titular da Scit, Cleber Prodanov, é essencial que se tenha uma perspectiva de onde chegamos e de onde ainda poderemos chegar no desenvolvimento. “Os dados levantados pela FEE possibilitarão demonstrar à sociedade como a Ciência e Tecnologia impactam no crescimento do Estado e, consequentemente, em suas vidas.”

O acordo prevê a elaboração de um boletim periódico por meio de um conjunto de indicadores que irão medir o esforço e o progresso das áreas científicas e tecnológicas. Isso possibilitará a ampliação de pesquisas básicas e aplicadas que fomentarão a competitividade do Rio Grande do Sul.

O presidente da FEE, Adalmiro Marquetti, salientou que a Ciência e Tecnologia têm um papel fundamental dentro das universidades, com o estímulo destinado às pesquisas. “A área vem crescendo nos últimos anos, e é crucial mapearmos esta evolução para termos mecanismos que embasem nosso crescimento contínuo.”

A previsão para o primeiro levantamento é ainda este ano. “Estamos em fase de consolidação do banco de dados, acreditamos que até o final de outubro conseguiremos divulgar os índices”, destacou Rafael Bernardini, coordenador do projeto.

A assinatura contou com a presença do conselheiro estadual de Ciência e Tecnologia e pró-reitor acadêmico da Unisinos, Pe. Pedro Gilberto Gomes, do coordenador técnico da Scit, Alberto Rossi, e do diretor técnico da FEE, André Scherer.

Fonte: SCTI-RS

Próximos Eventos