Giro nos Estados

Saumíneo apresenta ações do Governo para o desenvolvimento tecnológico do Estado

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), Saumíneo Nascimento, proferiu palestra no primeiro dia do 1º Fórum de Inovação, Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia (FIPITT) do Instituto Federal de Sergipe (IFS), realizado nesta terça-feira, 18, no auditório da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (Fies). A palestra abordou as ações do Governo de Sergipe para o desenvolvimento tecnológico do Estado e as possibilidades de parcerias com a Academia.

De acordo com a coordenadora do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) do IFS, Jânia Reis Batista, o FIPITT objetiva um espaço para que os pesquisadores do instituto tenham uma aproximação com a classe empresarial de Sergipe. “Nós queremos mostrar ao empresariado quais as pesquisas que já fomentamos e buscar, principalmente, demandas das necessidades dessas empresas, para que possamos executar novas pesquisas em Sergipe ou direcionar as pesquisas existentes, aplicando-as nas empresas do Estado”, explicou.

Participante do evento, o presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica de Sergipe (Fapitec/SE), Ricardo Santana, afirmou que o Fórum é uma necessidade existente no Estado. “É preciso que trabalhemos com a linha de integração dos projetos das instituições de pesquisas com as empresas sergipanas”, pontuou.

Para a pesquisadora da Universidade Estadual de Santa Cruz Ilhéus Bahia, Ana Paula Trovachio Uetanabaro, o primeiro 1º FIPITT em Sergipe é relevante para que as instituições interajam umas com as outras. “É preciso potencializar as ações realizadas por cada um delas para o desenvolvimento tecnológico de Sergipe”, disse.

Em palestra, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), Saumíneo Nascimento, explicou como são realizadas as ações do Governo do Estado nas áreas de ciência e tecnologia pelas suas instituições de pesquisa, além das ações essenciais para o desenvolvimento na área e possibilidades de parcerias com o meio acadêmico. “O Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado, ITPS, é responsável pelo apoio tecnológico às pequenas e médias empresas. O Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec), órgão parceiro da Sedetec, tem o foco na infraestrutura para atração de empreendimentos. E a Fapitec cuida das ações de fomento em auxílios e bolsas para pesquisas”, esclareceu, informando ainda que o ITPS e a Fapitec são órgãos vinculados à Sedetec.

Na oportunidade, o secretário parabenizou a Fies por abrigar o evento e revelou aos presentes que ao aderir à “Lei do Bem”, as empresas podem usufruir de forma automática os incentivos fiscais, desde que realizem pesquisa tecnológica e desenvolvimento de inovação tecnológica. Saumíneo informou já ter recebido a autorização do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) para a vinda de técnicos, não só para realizarem palestras sobre o tema, como também sobre outros programas do MCTI, atendendo assim as demandas do setor empresarial do Estado de Sergipe.

O secretário destacou também que o desafio na área de desenvolvimento tecnológico no Estado é enorme, mas que há evolução. “A presença de ações ainda é pequena no setor empresarial, mas é fundamental. Vale lembrar que a competição comercial internacional está cada vez mais acirrada”, comentou.

Presenças

Participaram do 1º Fórum de Inovação, Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia, alunos, professores e pesquisadores, bem como o presidente do Conselho Nacional de Educação, José Fernandes de Lima; o superintendente do Instituto Euvaldo Lodi (IEL/SE), Rodrigo Rocha Pereira Lima; e o reitor do IFS, Ailton Ribeiro de Oliveira.

Fonte: SEDETEC-SE

Próximos Eventos