Giro nos Estados

São Paulo discute ciência para o desenvolvimento global a partir de 4ª feira na Fapesp

A Comissão Executiva Nacional do Fórum Mundial de Ciência 2013 e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), realizam entre os dias 29 e 31 de agosto, o primeiro dos sete encontros preparatórios para o Fórum Mundial de Ciência 2013, na sede da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), em São Paulo.

Com o tema “Ciência para o desenvolvimento global – da educação para a inovação: construindo as bases para a cidadania e o desenvolvimento sustentável”, a programação será aberta na quarta-feira (29), às 17h30, com a conferência The Role of The Network of Science Academies (O papel da Rede de Academias de Ciência). A conferência, com tradução simultânea, será proferida por Michael Clegg, diretor da Rede Interamericana de Academias de Ciências (IANAS) e secretário de relações internacionais da National Academy of Sciences (Academia Nacional de Ciências)  dos  Estados Unidos.

Na quinta-feira (30) serão compostas duas mesas: “As diferentes facetas da ciência”, coordenada por Vanderlei Salvador Bagnato, e “Pensando governança da Ciência e da Inovação”, que terá coordenação de Maria José Soares Mendes Giannini.

Já no terceiro e último dia do encontro (31), os temas serão “Educação para a ciência: bases para a inovação e o desenvolvimento sustentável”, mediada por Pedro Manoel Galetti Jr., e “Desafios da ciência para o século XXI”, coordenada por Regina Pekelmann Markus. Além de cientistas brasileiros de renome, os debates terão a participação de representantes de organizações científicas como a Royal Society, da Inglaterra, e a American Association for the Advancement of Science (AAAS), dos Estados Unidos.

Os outros seis encontros preparatórios previstos serão realizados nas capitais Belo Horizonte, Salvador, Recife, Manaus, Porto Alegre e Brasília até o primeiro trimestre de 2013. Em cada um deles serão discutidos temas relacionados aos principais desafios da ciência neste século.

Ao final desse debate nacional sobre o papel da ciência no desenvolvimento global, os organizadores pretendem consolidar as proposições e principais conclusões em um documento que será divulgado antes da realização da reunião internacional do Rio, aponta a secretária executiva da SBPC, Eunice Personini.

“A preparação, a programação temática e a coordenação da reunião estão a cargo de Comissão Executiva Nacional, composta por membros de 13 instituições do Sistema Nacional de CT&I. O Fórum Mundial de Ciência é o momento mais indicado para consolidarmos nossas políticas de base para a educação e à inovação”, disse.

Entre as instituições que compõem a comissão estão o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Ministério das Relações Exteriores, Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) e do Escritório da Unesco no Brasil, entre outras.

Encontro Mundial

O Fórum Mundial de Ciência 2013 é organizado pela Academia de Ciências da Hungria em parceria com a UNESCO, o International Council for Science (ICSU), a Academy of Sciences for the Developing World (TWAS), a European Academies Science Advisory Council (EASAC), a AAAS e a Academia Brasileira de Ciências (ABC). O Fórum tem a missão de promover o debate entre comunidade científica e sociedade.

Desde sua primeira reunião, em 2003, o evento é realizado a cada dois anos em Budapeste, Hungria. A indicação do Rio de Janeiro como cidade sede da edição 2013 se deve a um movimento do Governo brasileiro de iniciar, em 2009, uma série de discussões entre representantes de instituições científicas e tecnológicas do Brasil e governos da América Latina e Caribe para elaboração de uma estratégia regional para a Ciência, Tecnologia e Inovação.

O evento na Fapesp é aberto ao público e as inscrições devem ser feitas em http://www.fapesp.br/eventos/wsf2013/inscricoes.

Fonte: Ascom –  SBPC

Próximos Eventos