+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

RS recebe relatório das potencialidades e demandas das dez regiões do Estado

A indústria diversificada, a mão de obra qualificada e a produção de energia foram algumas das potencialidades das dez regiões do Estado apresentadas pelo Fórum Estadual de Secretários e Dirigentes de Desenvolvimento Econômico do RS aos representantes dos executivos municipais, nesta quarta-feira (16/12), no auditório do Brde. O evento foi promovido pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sdect), por meio do Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do RS (Fopemepe/RS); pela Frente Nacional de Prefeitos e pelo Sebrae/RS. Na abertura do evento, o titular da Sdect e presidente do Fopemepe/RS, Fábio Branco, destacou a importância das  potencialidades e demandas de cada região, que foram levantadas durante os dez encontros regionais, para contribuir no plano estratégico de desenvolvimento do RS.

Os encontros foram realizados nas regiões: Vale dos Sinos, Campanha, Metropolitana, Sul, Planalto, Serra, Noroeste, Centro, Vales e Norte. A partir do que foi apontado como demandas e potencialidades regionais, o Fórum de Secretários Municipais de Desenvolvimento elaborou um relatório final, que foi entregue ao secretário Branco. Ainda constam no documento como potencialidades: agricultura extensiva, agroindústria, pecuária de leite e corte, comércio e serviços.

O diretor do Departamento de Apoio à Micro e Pequena Empresa da Sdect, Carlos Alberto Hundertmarker, lembrou que dentro das demandas  elencadas está a otimização dos processos que envolvem abertura, alteração e baixa de empresas. “ Solicitação essa que já estamos agilizando com a com a implantação da Redesim em 37 municípios gaúchos”, afirmou o diretor.

Outras demandas apontadas foram a agilização dos processos de licenciamento ambiental para atividades de baixo risco, incentivar a criação de distritos industriais com infraestrutura básica para empreendimentos e política de descentralização dos investimentos privados às regiões com menos crescimento econômico no RS.

O diretor-superintendente do Sebrae/RS,  Derly Fialho, o presidente da FEE, Igor Moraes, e 80 secretários municipais de desenvolvimento do RS também participaram do encontro.

Fonte: SDCT-RS

Próximos Eventos