+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

RN terá parque tecnológico

O Rio Grande do Norte terá o primeiro Parque Tecnológico para reunir, em um mesmo espaço, empresas, universidades, instituições de pesquisa e órgãos governamentais. A ideia é ampliar o acesso das empresas e instituições de ensino e pesquisa à ciência e tecnologia, o que contribuirá para inovação e crescimento do potencial econômico do RN.

O termo de referência para criação do Parque foi aprovado nesta sexta-feira (1º) durante a posse do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Rogério Marinho, como presidente do Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia (Conecit). Para o secretário Rogério Marinho o estado vive um momento econômico de destaque e “é importante aproveitar o ambiente competitivo que temos e o trabalho das universidades locais e das entidades privadas para incentivar o avanço tecnológico do RN. A governadora Rosalba Ciarlini reconhece que o parque será fundamental para consolidar o estado como um dos pólos de ciência, tecnologia e inovação da região Nordeste”.

Os recursos para construção do Parque já estão assegurados e serão oriundos do financiamento do Governo do Estado junto ao Banco Mundial. Até o final de março, a Secretaria do Desenvolvimento Econômico abrirá o processo licitatório para contratar uma empresa – em regime de consultoria – para elaborar o projeto de viabilidade técnica, econômica e financeira.

Com base no estudo, que será supervisionado pelo grupo gestor (Sedec, Conecit, Fapern, universidades e entidades da iniciativa privada), serão desenvolvidas as diretrizes para fluxo e modelo de gestão, contemplando as potencialidades locais e o desenvolvimento de atividades do entorno do Parque.

O pólo será instalado na Região Metropolitana de Natal e oferecerá a oportunidade para as empresas locais se aproximarem dos centros de conhecimento, além de ser o ambiente ideal para desenvolvimento de empresas de base tecnológica.

A presidente da Fapern, Maria Bernardete Cordeiro, e representantes da Sedec, Fecomercio, Unp, UFRN, Fiern, Emparn e Faern – membros do Conecit – participaram da reunião e aprovaram por unanimidade o termo de referência do Parque.

O conceito de Parque Tecnológico está previsto na Lei Estadual de Inovação (Lei nº 478/2012), sancionada no mês de dezembro pela governadora Rosalba Ciarlini e que dispõe sobre a concessão de incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica.

Fonte: SEDEC-RN

Próximos Eventos