+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

RJ dá início às obras da Le Cordon Bleu, que estará pronta em dezembro

O secretário de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca, deu início, nesta quinta-feira (27/03), às obras da primeira filial da escola de gastronomia francesa Le Cordon Bleu no Brasil. A filial vai funcionar em um prédio de dois andares em Botafogo, cedido pelo governo do Estado. Representando o governador na cerimônia, Tutuca enfatizou a importância do investimento e os benefícios que trará para a população:

– Qualificamos pela rede Faetec, somente em 2013, 300 mil pessoas por todo nosso estado. Com o início das obras da Le Cordon Bleu teremos mão de obra qualificada não só para a Copa e Olmpíadas, mas deixaremos um legado que continuará movimentando toda a economia produtiva do nosso estado. O governador Sérgio Cabral e o vice-governador Luis Fernando Pezão tiveram um papel fundamental nesta conquista – disse.

Segundo o presidente da Empresa de Obras Públicas (Emop), Ícaro Moreno, responsável pela obra, a escola ficará pronta em oito meses, a tempo de iniciar o ano letivo em 2015.

– O valor total da obra é de R$ 7 milhões, já com os equipamentos de cozinha, de exaustão. Todo o aquecimento de água será feito com placas de energia solar, tendo aí uma vertente ambiental. Iniciamos a obra hoje e vamos concluí-la em dezembro. Isso é promessa nossa – disse.

A escola destinará 20% das vagas gratuitamente aos alunos da Rede Faetec.  Caberá à Fundação fazer a certificação dos cursos, além de estabelecer e divulgar os critérios de seleção para os estudantes de sua rede que serão contemplados com as bolsas de estudo.

A primeira turma terá 480 alunos. Para ingressar, será preciso ter conhecimento prévio do setor. No futuro, a escola poderá formar até 800 estudantes por ano.

Os cursos oferecidos serão os mesmos ministrados na unidade francesa, porém, adaptados à realidade brasileira por uma equipe pedagógica da escola. Eles terão uma média de duração de 800 horas/aula, ou seja, cerca de 2 anos, conforme a formação. O valor dos cursos – exceto para os estudantes da Faetec –, também será definido pela equipe da Le Cordon Bleu.

– Quando visitei a escola de Londres fiquei impressionado com a qualidade. O Rio de Janeiro está prestes a ganhar um centro de ensino de gastronomia que é referência internacional, com padrão cinco estrelas. Será uma oportunidade imperdível para os alunos dos cursos de culinária da Faetec, já que  20% das vagas oferecidas na filial Le Cordon Bleu brasileira serão destinadas a eles – disse o secretário de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca na cerimônia, que contou com a presença de alunos do curso de Auxiliar de Cozinha da Escola Especial Favo de Mel, da Faetec.

O professor Celso Pansera, presidente da Rede Faetec, fala com entusiasmo sobre o início das obras da Escola de Gastronomia. Segundo ele, este setor é um dos que tem crescido mais, dentre os cursos oferecidos pela Fundação, a reboque do desenvolvimento do estado como pólo turístico e de grandes eventos.

– A gastronomia vive um grande momento no Rio de Janeiro, principalmente depois que o estado voltou a fazer parte do circuito de locais visitados por pessoas do mundo inteiro. A economia cresceu, seremos a sede da final da Copa do Mundo, dos Jogos Olímpicos, e isso demanda profissionais gabaritados para as áreas de serviços. A Escola Le Cordon Bleu é uma vitória, sobretudo para os estudantes da Faetec que serão selecionados para ter acesso gratuito a uma entidade reconhecida pela excelência e sofisticação – apontou Celso Pansera.

Com quase 120 anos de existência, a célebre escola Le Cordon Bleu possui duas  unidades na América Latina – no Peru e no México -, e filiais em diversos países como Inglaterra, Espanha, Austrália, Japão e Tailândia.  

– Era um sonho para o grupo Le Cordon Bleu abrir uma unidade no Brasil, que é o maior país da América do Sul. Recebemos muito alunos brasileiros em Paris e acho que ter uma filial no Rio vai facilitar o acesso de quem se interessa por gastronomia. O lugar que vai abrigar a escola é espetacular, em uma área perto de metrô, com estacionamento e boa infraestrutura. Estamos muitos felizes com esse projeto – disse o representante do Le Cordon Bleu no Brasil, o chef de cozinha Roland Villard.

Entre os famosos cursos da Le Cordon Bleu está o intensivo em técnicas de culinária francesa tradicional, que combina os diplomas de Pâtisserie com o de Cozinha. Ela também oferece diversos cursos nas áreas de Técnicas de Cozinha, Pâtisserie (padaria francesa especializada em bolos e doces), Bakery (pães), vinhos e queijos, além de cursos de curta duração em alta gastronomia.

Fonte: SECT-RJ

Próximos Eventos