+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Representante da índia discute parcerias com Minas Gerais

O Subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Dias, e os membros do Conselho do Complexo Aeroespacial de Minas Gerais, Ricardo Carvalho e Marcus Dinelli, se reuniram na quarta-feira com o Diretor Presidente da Câmara de Comércio Índia Brasil, Leonardo Ananda, e com o Supervisor Comercial da Axis Shipping, Gustavo Carvalho. O encontro foi realizado para discussão da criação de relacionamentos entre Minas Gerais e a Índia. O representante da Câmara levantou a proposta de participação da Sectes em uma Missão na Índia, que ocorrerá no início do próximo ano.

De acordo com o Diretor Presidente, Leonardo Ananda, a possibilidade da missão já vem sendo discutida há meses, inclusive em reunião com o Secretário Miguel Corrêa, em outubro. “A índia tem se mostrado muito agressiva e forte na área de TI (Tecnologia da Informação). As startups indianas estão fortíssimas e buscando contatos internacionais”, explicou Ananda. Outro importante motivador levantado para a viagem foi a intenção de transformar Minas Gerais em um polo da aviação não apenas nacional, mas mundial. Empresas como a Tata Motors, que fatura 19 bilhões de dólares por ano, têm demonstrado interesse em criar colaborações na área aeroespacial. “Tanto Brasil quanto Índia possuem demandas nesse setor que poderiam ser sanadas com a união. São questões que hoje não são prioritárias para a EMBRAER, mas podem ser desenvolvidas pela Índia”.

Missão Minas Gerais e Índia 2016

A proposta está focada principalmente em uma participação no Indiasoft, evento internacional de networking B2B, que acontece de 2 a 3 de março. É uma oportunidade importante que ocorre todo ano para unir compradores globais e empresas de TI. Em 2014, a Câmara levou 12 empresas mineiras ao evento. Agora, com os resultados positivos da última incursão, a intenção é levar 32 empresas mineiras e criar uma relação poderosa entre o nosso Estado e a Índia. O governo indiano se comprometeu a financiar um seminário inteiro sobre Minas Gerais no Indiasoft, o que garante uma apresentação dos projetos Sectes para importantes influenciadores e investidores na Índia.

Para ampliar ainda mais o potencial da Missão, a equipe pretende definir uma agenda extra, que abarque de 26 de fevereiro a 4 de março, e visitar as cidades de Nova Deli, Mumbai e Bangalore. Com isso, serão contemplados três níveis de parceria: na área acadêmica, nos negócios e entre parques tecnológicos. O Bagmane Tech Park, parque tecnológico de Bangalore, abriga mais de cem empresas indianas e multinacionais, formando um “Vale do Silício Indiano”, que exporta mais de 8 bilhões de dólares anuais. Além disso, o Subsecretário levantou a hipótese de captar startups indianas para participar de rodadas futuras do programa SEED.

O setor aeroespacial, que já terá participação e divulgação durante toda essa agenda, compondo uma subdelegação, ganharia ainda mais destaque com a possível ampliação da estadia para participar da Aero India 2016, uma das principais feiras de aviação e aeronáutica do mundo. Segundo Ananda, as principais companhias aéreas indianas estão focadas em um processo de internacionalização, e devem receber com entusiasmo a delegação mineira para discussões sobre acordos e parcerias.

Fonte: SECTES-MG

Próximos Eventos