+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Rede de Educação Ambiental é lançada em Roraima

Na tarde desta terça-feira, 22, Dia Mundial da Água, a Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), em parceria com outras instituições lançou a Rearr (Rede de Educação Ambiental de Roraima). A solenidade ocorreu no auditório da Escola de Aplicação da UFRR (Universidade Federal de Roraima). A Rede Estadual de Educação Ambiental foi baseada na Rebea (Rede Brasileira de Educação Ambiental).

De acordo com o diretor de Recursos Hídricos da Femarh, Rogério Martins Campos, a missão da Rede é promover um amplo debate sobre os caminhos da educação ambiental no estado de Roraima apontando prioridades, métodos, técnicas e estratégias de fortalecimento da atuação dos educadores ambientais.

“A educação ambiental deve ser trabalhada de forma mais ampla e participativa. Um dos objetivos da Rede é difundir a cultura organizacional e assim propiciar a difusão de informações relacionadas ao tema da educação ambiental. Com isso é possível potencializar estratégias de atuação conjunta entre as instituições que apontem para uma definição maior do campo de atuação”, destacou.

Entre outros objetivos da rede estão o de contribuir para o fortalecimento da atuação dos educadores e educadoras ambientais no estado de Roraima, através do incentivo e apoio à comunicação e troca de informações, além de garantir uma maior visibilidade e socialização de projetos e experiências, sempre com ênfase em propostas de políticas públicas relacionadas ao tema da educação ambiental em Roraima.

Após o lançamento, a chefe do núcleo de meio ambiente da Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima), Airlene Carvalho apresentou projetos ambientais que já são desenvolvidos em rede no Estado como a ‘Campanha de Preservação da Serra de Tepequem’, ‘Caer nos Rios’, ‘Amigos do Rio’ e o ‘Projeto Três Corações’. Em seguida, ocorreu ciclo de palestras com enfoque na questão dos recursos hídricos e eficiência energética.

PARTICIPANTES – Além da Femarh e da Caer, outros órgãos a nível estadual, como a UERR (Universidade Estadual de Roraima), Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) e Cipa (Companhia Independente de Policiamento Ambiental da PM) farão parte da Rearr. Também compõem o corpo de discussões da Rede a UFRR (Universidade Federal de Roraima), Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), IFRR (Instituto Federal de Roraima), Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente), ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), MPF (Ministério Público Federal), MPE (Ministério Público Estadual), Centro Universitário Estácio Atual, Smga (Secretaria Municipal de Gestão Ambiental), Fier (Federação das Industrias do Estado), Sebrae (Serviço Brasileiro de apoio às Micro e Pequenas Empresas), Eletrobras, 6º BEC (Batalhão de Engenharia e Construção do Exército) e Fecomercio.

REBEA – A Rede nasceu da vontade de manter viva a articulação nacional dos educadores ambientais brasileiros. Criada em 1992, na atmosfera de grande mobilização que antecedia a Rio ‘92, adotou como carta de princípios o Tratado de Educação Ambiental para Sociedades Sustentáveis e Responsabilidade Global e como padrão organizacional a estrutura horizontal em rede.

Nos últimos anos, esta rede experimentou um processo de expansão e fortalecimento de suas articulações no país inteiro, tendo se transformado numa rede de redes de Educação Ambiental. A comunicação eletrônica tem sido uma ferramenta importantíssima na ampliação da malha de redes e na manutenção dos contatos e articulações. Existem hoje por todo o Brasil cerca de 50 redes de Educação Ambiental, dentre elas redes estaduais, municipais, regionais e temáticas, e a Rebea atua como instância de articulação e estímulo à atuação de todos estes coletivos.

Fonte: Femact-RR

Próximos Eventos