+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Projeto de Odontologia da UENP atende crianças de Jacarezinho

A aprendizagem pode ser uma grande brincadeira. “Na frente, giro a escova em bolinha; onde a gente mastiga, trenzinho; na língua, vassorinha; e perto da gengiva, de dentro para fora”, ensina o que aprendeu sobre escovação Beatriz Gomes Martins, de 10 anos. A menina participou de duas ações de promoção à saúde bucal do curso de Odontologia da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), em Jacarezinho, e já está sabendo bem todas as lições. “Escovo meus dentes três vezes por dia e sem muita força”, disse Beatriz, sorridende.

Ruan Barreto de Freitas, de 8 anos, confessou que, no dia anterior a nossa conversa, esqueceu-se de escovar os dentes, mas garantiu que não vai se descuidar mais. “Estou escovando certinho. Só ontem à tarde que eu esqueci. Vou cuidar sempre dos dentes para ter um sorriso bonito”, comenta. Durante dois sábados, Beatriz, Ruan e mais 70 crianças participaram de atividades realizadas por estudantes do curso de Odontologia da UENP na escola municipal João de Aguiar, do bairro Dom Pedro Filipack. O projeto é realizado desde junho.

Durante as ações, as crianças participaram de avaliações que direcionaram os trabalhos realizados. A partir da constatação do que precisava ser feito, foi proposto pelos professores envolvidos no projeto um conjunto de atividades lúdicas que teve como objetivo informar e conscientizar as crianças. Essa etapa buscou ensinar, por meio de brincadeiras, jogos, teatro, filmes e palestras como elas devem agir perante a manutenção da saúde bucal, quais alimentos devem ser evitados e aqueles que podem ser consumidos com frequência.

As crianças receberam escovas de dente e, com a orientação individual dos alunos de Odontologia, aprenderam sobre a quantidade ideal de creme dental para escovar os dentes, a escovação da língua, a firmeza e destreza ideal durante a escovação e o uso do fio dental. “Várias crianças afirmaram que dificilmente realizavam a higiene bucal. Algumas não tinham nem escova de dentes”, disse o professor Douglas Fernandes da Silva, um dos coordenadores do projeto.

A estudante Maria Tereza Bertoline Botelho, do 2º ano de Odontologia, comenta que muitas crianças ainda não tinham o conhecimento da importância da escovação, do fio dental, nem sabiam o que é a cárie. “Trouxemos para eles um conhecimento básico para poderem aplicar isso no dia a dia”, disse. Letícia Perez Mazzani, também do 2º ano, partilha a satisfação de participar do projeto. “Ficamos bem felizes em poder ajudar quem tem necessidade e que, às vezes, não tem a possibilidade de receber esse tipo de atendimento”.

Liciane Paula Leite de Meira, aluna do 2º ano, destaca ser esta uma ótima oportunidade para os acadêmicos aplicarem na prática o que aprendem em sala de aula. “Acredito que as nossas ações, mesmo que sejam pequenas, tenham impacto muito importante na vida dessas crianças, na vida de quem está recebendo essa ajuda. É uma diferença pequena, mas é uma diferença. O que aprendemos em sala de aula só é válido quando podemos repassá-lo aos outros. E atender a essas crianças, que não têm acesso a essas questões básicas, nos deixa muito felizes”, partilha.

Para a professora Sibelli Olivieri Parreiras, esta é uma grande oportunidade para o acadêmico vivenciar a prática da cidadania na comunidade. “Este projeto possibilita ao estudante de Odontologia ter sua visão ampliada, desvinculando da sua prática assistencial, tecnicista e colocando-se como educador em saúde. O estudante universitário leva o saber e o conhecimento da saúde bucal às crianças e adolescentes participantes do projeto, com intenção de provocar mudança de atitude e prevenir doenças bucais e, consequentemente, a melhoria na qualidade de vida dos mesmos”. O próximo encontro acontecerá neste mês e haverá envolvimento dos responsáveis pelas crianças, a fim de informar sobre a importância da manutenção de bons comportamentos de saúde bucal no meio familiar, pontua a professora.

Cultura no Bairro

As crianças atendidas fazem parte do Projeto Cultura no Bairro, coordenado pela estudante de Pedagogia da UENP, Márcia Cleto. O Projeto existe há 12 anos e atualmente desenvolve trabalhos relacionados a cultura, esporte e lazer com crianças de Jacarezinho.“Muitos vêm de familias muito carentes. A parceria é muito impontante. São crianças que realmente precisam”, ressalta Márcia Cleto. “As crianças ficam muito felizes e comovidas quando falo que os estudantes de odontologia virão. Para eles é um dia de festa”, comenta.

“Aqui temos crianças que já estão na segunda dentição, com dentes comprometidos. Então quando surgiu essa oportunidade, eu abracei, porque eu vi que era uma maneira de trazer aqui para o bairro, para a comunidade uma coisa que talvez eles nunca vão ter oportunidade lá fora”, partilha Márcia.

A projeto está sendo desenvolvido por meio do Grupo de Estudos e Pesquisas em Corporeidade, Pedagogia do Movimento e Diversidade Humana (COPEDI), do Centro de Ciências da Saúde (CCS). O Projeto tem a coordenação dos professores Almir de Oliveira Ferreira, Douglas Fernandes da Silva, Jussara Eliana Utida, Héres Faria Ferreira Becker Paiva, Raphael Gonçalves de Oliveira, Sibelli Olivieri Parreiras e Sonia Regina Leite Merége.

Fonte: SETI-PR

It is the Mark Taylor ethic. And they bow their head and thrust their gloved fists in the air in protest of, very similar to Colin Kaepernick, oppression and racial discrimination. NEWS FLASH 2!! Plano introduces Liqua Bait Locker SystemPlano’s Liqua Bait Locker Tackle System is the solution for anglers who love to use scented and liquid soaked soft plastics, but hate the mess these baits can create. Recent studies using the awesome powers of lasers and shit () have found that once completing the iconic marble statues and buildings we know today, the Greeks covered them head to toe in bright primary colors. I didn’t know anything about Eula Love. Think of your pain as something that can be dealt with and prevented, rather than manageable suffering. Then add just enough cold water to mix to a dough that leaves the bowl clean. The Rams selected him with the 249th pick, in the seventh round. With deals like that, wholesale jerseys china how can the other brothels even compete?While making your logo look like a dick might not drive away your customer base, making it look like something you don’t want advertised (see Mega Flicks above) is a way to do just that or even attract unsavory characters. Good luck.. QUINN KLINEFELTER (Reporter, Detroit Public Radio): In cheap nfl jerseys the race to clean up Detroit for the Super Bow, nothing was sacred, not even the city’s landmarks. You can try gold, Fake Oakleys copper, bronze or silver paint colors in a wholesale jerseys china shiny or matte finish. You can save even more with a 6 month or 1 year subscription. In varying permutations, over the space of almost half a century, he was coach, manager and owner of the Oakland Raiders (for a decade the Los Angeles Raiders). LGBT individuals are subjected to stereotypes that conflict with traditional gender norms. 1 Kansas to reach the national semifinals, while four picked No. Army during World War II and a former college football star who, in 1942, found himself on the losing side of the Battle of Bataan during the Japanese invasion of the Philippines.. These findings indicate that the levels and localization of TDP43 critically determine neurotoxicity and show that autophagy induction mitigates neurodegeneration by acting directly on TDP43 clearance.. Such allegations elsewhere in our legal system would instantly be ruled inadmissible. You try to get as much information as possible, because the last thing we want to do is draft a guy who in pre season is injured or is banged up. AT (NYSE:T) pays the highest dividend, at 5.22% (as of June 24) of Cheap Retro Jordan the 30 stocks in the Dow Jones Industrial Average.

Próximos Eventos