+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Programa Geração Ciência lançado pelo Maranhão vai beneficiar alunos e professores do Ensino Médio

Quatrocentos jovens e cem professores serão beneficiados com o programa Geração Ciência lançado, na manhã desta segunda-feira (30), pelo Governo do Estado com o objetivo de fortalecer a pesquisa entre jovens do Ensino Médio. Por meio do programa, elaborado em conjunto pelas secretarias da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), da Juventude (Seejuv) e pela Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), serão disponibilizadas bolsas de Iniciação Cientifica para os jovens e para os professores que vão coordenar os projetos de pesquisa. O investimento é de R$ 1,5 milhão.

“Esse é um passo importante e uma demonstração de que no governo Flávio Dino a juventude é uma prioridade. Nós já lançamos vários programas voltados para a juventude como o Cidadão do Mundo, o programa de preparação para o Enem, o PreUni; também o Iema (Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão) que vai ser uma rede de educação profissional e tecnológica para atender os jovens na formação técnica e profissional. E agora estamos apresentando um programa de fortalecimento da pesquisa”, destacou o secretário Bira do Pindaré.

O apoio se dará por meio de edital disponibilizado na página da Fapema, onde serão submetidos os projetos. Ao todo serão financiados 100 projetos envolvendo 400 jovens, todos com bolsa de Iniciação Cientifica, e também 100 professores. Os projetos contemplados por meio do edital também receberão recursos para a execução dos trabalhos.
“É uma iniciativa importante de incentivo à pesquisa, como um fator inclusive pedagógico de agregação em torno do conhecimento e da educação, que é fundamental para o desenvolvimento”, completou Bira do Pindaré. O Secretario contou que fez questão de apresentar o programa durante a 3ª Conferência Estadual da Juventude, para prestigiara a juventude do Maranhão que está reunida no evento se preparando para a conferência Estadual. “Estamos mostrando na prática que esse é um governo que não é só discurso. É um governo que tem ações concretas em favor da juventude”, enfatizou.

O diretor-presidente da Fapema, Alex Oliveira, disse que a Iniciação Científica Júnior é uma bolsa que existe há muito tempo, mas que era negligenciada. “Nós tínhamos um número muito pequeno de alunos do Ensino Médio envolvidos no processo de produção de pesquisa. E como firme propósito do governo Flavio Dino estamos ampliando esse atendimento, que agora sai das 40 bolsas atuais para 400”, revelou Alex Oliveira acrescentando que isso só está sendo possível graças ao grande esforço conjunto das secretarias da Ciência e Tecnologia e da Juventude.

A secretária da Juventude, Tatiana Pereira, também destacou que o lançamento do Edital Geração Ciência, é uma demonstração do compromisso do governador com a juventude. “Eu tenho certeza que os jovens e adolescentes que vão ser beneficiados com essa nova política terão mais perspectiva e a escola se torna em um ambiente de produção da ciência e eu vejo que o secretário Bira do Pindaré também tem se empenhado muito em contribuir para essas mudanças”, disse Tatiana Pereira.

Para o jovem Francijunho da Silva, do município de Afonso Cunha, o programa serve de motivação, principalmente para os jovens do interior do Estado. “A pesquisa torna o ambiente escolar mais atraente e produtivo. Temos certeza que esse programa trará bons frutos para o Estado”, disse. “Os jovens precisam se sentir parte desse processo de mudança e com certeza iniciativas como esta contribuem para isso”, completou a estudante Amanda Melo de Caxias.

Fonte: SECTI-MA

Próximos Eventos