Prêmio FAPEMA: Preservação ambiental através dos biomas maranhenses

amazoniaManguezais, restingas, florestas de cocais. Características pré-amazônicas, de cerrado e da caatinga: não há como negar que o Maranhão dispõe de uma das maiores variedades de ecossistemas no país. O desafio de gestores é conciliar a preservação desses ecossistemas tão diversos com o desenvolvimento econômico e tecnológico do estado.

Para promover essa discussão a Comissão avaliadora da FAPEMA, lançou como sugestão para o prêmio deste ano, o debate a cerca da “Ciência e projetos inovadores em busca da construção de redes sócio-produtivas e da preservação dos biomas maranhenses”.

Elaborado a partir da participação do Maranhão no Plano Maior do Ministério da Ciência e Tecnologia pró-amazônia, a proposta de ampliação do debate para salvaguardar nossos biomas pode contribuir com a expansão de alternativas de preservação dos ecossistemas encontrados no estado.

Atualmente, já são desenvolvidos no estado projetos que primam pelo uso sustentável dos biomas. Através do edital Universal (nº 30/2010) da FAPEMA, o pesquisador Cláudio Urbano Bittencourt, por exemplo, estuda o “Uso, Manejo e Composição do valor dos Recursos Vegetais Aterrados da Baixada Maranhense”. O trabalho tem como premissa avaliar não só o valor utilitário, cultural e ambiental, mas também econômico. Seria uma contribuição para a formação de políticas e programas de conservação de matas ciliares no estado.

A própria delimitação do projeto deixa isso claro, já que ele defende que são necessários “estudos sistematizados que integrem composição, estrutura e valoração econômica da vegetação que subsidiam planos de manejo e podem resultar em inventários de novas espécies descobertas”.

A comissão da FAPEMA vê nesse debate a oportunidade para o surgimento de projetos que promovam a integração entre preservação ambiental e desenvolvimento de técnicas de inovação para a área, buscando soluções integradas e oportunidades para a região. Para isso, a identificação das prioridades da região seria o diferencial deste tema.

O tema, por enquanto, tem pouco mais de 28% da preferência dos internautas que acessaram o site para votar. Mas ainda dá tempo de escolher seu assunto favorito. A votação será encerrada na próxima segunda-feira, dia 15.

Fonte: Fapema

Compartilhe: