+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Polo Aeroespacial de Tupaciguara (MG) recebe mais de R$10 milhões em investimentos

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) e a Universidade Federal de Uberlândia (UFU) anunciam nessa quarta-feira (3), em Uberlândia, a liberação de R$10 milhões para a instalação de laboratórios de pesquisas do Polo Aeroespacial de Tupaciguara, município localizado a 615 km de Belo Horizonte, no Triângulo Mineiro.

Esses recursos representam a primeira parcela de um total de R$50,5 milhões de emenda da bancada mineira e estão sendo liberados pelo Ministério da Educação e Cultura, cujo ministro, Aloisio Mercadante, recebeu recentemente, em audiência, o governador Antônio Anastasia e os secretários de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues e da Educação, Ana Lúcia Gazzola,  para tratar de diversos assuntos de interesse do Estado, entre eles o Polo de Tupaciguara.

Os recursos que serão anunciados nesta quarta-feira (03/10), serão utilizados para equipar os laboratórios de engenharia aeronáutica da UFU e da empresa AXIS Aeroespacial em Tupaciguara, onde está em desenvolvimento a primeira aeronave. Nesse projeto, o Governo de Minas, por meio da Sectes e da Fundação de Amparo a Pesquisa de Minas Gerais –  Fapemig,  já investiu R$7,2 milhões , utilizado no desenvolvido do protótipo do modelo AX-2 Tupã, avião subsônico de seis lugares, comercial e executivo com características inovadoras e que tem o objetivo de ser ofertado a um custo baixo em relação ao que existe no mercado mundial.

Além da redução de custos, a AXIS trabalha no aumento da segurança, redução de emissões ambientais e do ruído externo. A empresa vai trabalhar também com tecnologias aeroespaciais, resultado da parceria com o Instituto de Estudos Avançados.

INVESTIMENTOS

Segundo o secretário Narcio Rodrigues, a expectativa é de investir R$70 milhões em 2012 e 2013 no Complexo Aeronáutico de Minas Gerais como uma alternativa viável para a economia do estado. No futuro, os investimentos poderão chegar entre R$250 milhões e R$300 milhões. Em relação à geração de empregos em todos os polos, ele diz ser difícil estimar, mas que no universo de 10 e 15 anos poderá haver uma geração de 10 a 20 mil postos de trabalho.

Para o reitor da UFU, professor Alfredo Júlio, a instituição é parceira na implantação do Complexo Aeronáutico de Minas Gerais que vai gerar  desenvolvimento econômico para o Triângulo e para todo o estado. A universidade é uma das poucas instituições de ensino e pesquisa do Brasil a oferecer o curso de engenharia aeronáutica.

O polo no Triângulo Mineiro ? que tem também a parceria do Instituto de Estudos Avançados (IEAv), ligado ao Ministério da Aeronáutica ? faz parte do Complexo Aeronáutico de Minas Gerais, projeto trabalhado pelas secretarias de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes); Desenvolvimento Econômico (Sede) e Educação (SEE).

A iniciativa do complexo aeronáutico visa à diversificação econômica de Minas Gerais com uma indústria focada no desenvolvimento científico e tecnológico. Os demais polos em implantação ou expansão são: Itajubá (região Sul) com a fábrica de helicópteros Helibras e Universidade Federal de Itajubá (Unifei); Capacitação Profissional em Lagoa Santa (RMBH); Goianá com o Aeroporto Regional da Zona da Mata para atender ao Pré-Sal; e o Aeroporto Internacional Tancredo Neves (RMBH), que será transformado na primeira aerotropolis do Cone Sul, inspirada em modelos como o de Dubai e Cingapura.

Itajubá celebra expansão da Helibras

Dentro da iniciativa de priorizar a indústria aeronáutica seguindo essa vocação de Minas, foi celebrada em Itajubá, nessa terça-feira (2), a expansão da fábrica da Helibras – subsidiária do grupo francês Eurocopter. Até 2017, o investimento de R$ 420 milhões possibilitará à empresa fabricar 50 helicópteros militares modelo EC 725, com capacidade para 30 passageiros, que serão entregues às Forças Armadas brasileiras. As aeronaves terão 50% de conteúdo brasileiro, incluindo o modelo AS350 Esquilo, até então o único helicóptero produzido no país e o mais vendido em todo o mundo.

SERVIÇO

Hora: 12 horas

Local: Reitoria da Universidade Federal de Uberlândia

Endereço: Avenida João Naves de Ávila, 2121 ? Bairro Santa Mônica/Uberlândia

Presenças: Secretario de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, reitor da UFU, Alfredo Júlio e presidente da Axis Aeroespacial, Daniel Carneiro

Fonte: Sectes – Minas Gerais

Próximos Eventos