+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Pezão troca 18 dos 25 secretários da gestão Cabral

O governador do Estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), completou ontem a composição de seu novo secretariado, que assumirá no próximo mandato a partir de 2015. O político fez mudança abrangente nos nomes de seus secretários: de 25 Pastas, o governador trocou os titulares de 18 e manteve sete nomes.

Na prática, a composição do secretariado antigo, modificado agora por Pezão, foi formada pelo ex-governador Sérgio Cabral Filho (PMDB) – do qual Pezão era vice. Desgastado devido às ondas de manifestações iniciadas em meados do ano passado, Cabral renunciou ao cargo em abril deste ano – ação que foi interpretada como estratégica para alavancar a candidatura de Pezão.

“Procurei dar uma oxigenada nas secretarias”, afirmou Pezão, durante evento de entrega da nova barca e de trens chineses, no Cais do Porto do Rio.

Pezão informou ainda que, em sua gestão, se dedicará a estar “nas ruas” e espera que todo o secretariado tenha esta mesma disposição”. O governador falou, ainda, de seu desejo de manter-se próximo às ações do secretariado. “Assim como quero ser o prefeito de cada cidade também quero ser secretário de cada pasta.”

As cinco pastas definidas ontem foram as de Saúde, que será assumida por Felipe Peixoto; Esporte, Lazer e Juventude, que será liderada por Marco Antônio Cabral, filho do ex-governador; Cultura, a ser comandada por Eva Doris Rosental; e Turismo, que será ocupada por Nilo Sérgio.

No fim de semana, Pezão havia anunciado grande parte de seu secretariado, com nomes como o do deputado estadual Paulo Melo (PMDB) na Secretaria de Governo; do deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB) na Habitação; do deputado estadual José Luiz Nanci (PPS) na Secretaria Estadual de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida; e do deputado federal Arolde de Oliveira (PSD) para a Secretaria de Trabalho e Renda.

Pezão também confirmou o ex-prefeito de Barra do Piraí José Luiz Anchite (PP) na Secretaria de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca (Sedrap); a volta de Christino Áureo ao cargo de secretário de Agricultura e Pecuária; e a escolha de Antônio José Vieira de Paiva Neto para a Secretaria de Educação.

Na semana passada, Pezão já havia anunciado outros nomes. O pemedebista confirmou o deputado estadual André Corrêa (PSB) para a Secretaria do Ambiente; a deputada estadual Cidinha Campos (PDT) para a pasta de Proteção e Defesa do Consumidor; Cláudia Uchoa como secretária de Estado de Planejamento e Gestão; e o deputado estadual Carlos Roberto Osório (PMDB) nos Transportes. Também confirmou Teresa Cosentino na Assistência Social; o retorno de Gustavo Tutuca à Ciência e Tecnologia; e Felipe Pereira, em Prevenção à Dependência Química.

Pezão garantiu a permanência de sete secretários. Foram os de Segurança, José Mariano Beltrame, da Fazenda, Sergio Ruy Barbosa, do Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços, Julio Bueno; Casa Civil, Leonardo Espíndola; de Obras, José Iran Peixoto Júnior; Defesa Civil, coronel Sérgio Simões; e de Administração Penitenciária; coronel César Rubens de Carvalho.

Fonte: Valor

Próximos Eventos