+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Pesquisas financiadas pela Fapes se transformam em projetos para a sociedade

Apresentar os projetos desenvolvidos a partir de pesquisas financiadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) e que resultaram em benefícios para a sociedade. Esse foi o objetivo do Seminário Público realizado nessa segunda-feira (25), no Labpetro da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Na ocasião, foram divulgados os resultados de todas as pesquisas desenvolvidas. Um dos projetos, por exemplo, permite a comunicação mais rápida entre Hospitais e a Central de Captação de Órgãos do Estado.

O edital Inovação Social foi lançado em 2012 pela Fapes, a fim de mostrar à sociedade os projetos que são realizados a partir do financiamento, por meio de aberturas de editais, pela Fundação. Foi um dia todo de apresentações, e estudantes e pesquisadores fizeram parte do público.

Um dos projetos apresentados, que obteve sucesso em sua implantação, foi o “Info Mais”, da pesquisadora Larice Nogueira de Andrade, que oferece cursos básicos de informática para pessoas da terceira idade em Alegre, no Sul do Estado. “Ensinamos aos idosos a comprar pela internet de forma segura, falar com os familiares e amigos pelas redes sociais, realizar pesquisas e outras atividades. Tudo por meio de uma apostila totalmente adaptada”, destacou Antônio de Almeida Barros Junior, que apresentou o projeto em nome da pesquisadora.

Outra pesquisa apresentada foi “Sistema de informação para notificação, captação e distribuição de órgão”, do professor do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) Rodrigo Fernandes Calhau. Ele desenvolveu um protótipo de um sistema computacional com o objetivo de facilitar e agilizar a comunicação entre hospitais e a Central de Captação de Órgãos do Estado, para a notificação sobre a disponibilidade de órgãos. “A comunicação ainda é feita via fax, o que torna tudo mais lento. Produzimos um modelo que torna tudo mais rápido e ainda produz relatório sobre todos os processos”, destacou o professor.

Inovação Social

O Edital, de nº 019/2012, foi lançado com o objetivo de incentivar uma transformação social positiva para as necessidades da população e envolver uma comunidade específica, beneficiária do desenvolvimento de um produto, serviço, processo ou sistema que resulte na melhoria da qualidade de vida das pessoas.

O diretor-presidente da Fapes, José Antônio Bof Buffon, durante a apresentação destacou a importância do evento. “Esta é uma oportunidade de recebermos o feedback de vocês sobre os trabalhos realizados e suas necessidades, e também de mostrar aos presentes os benefícios para a sociedade da criação de editais de pesquisas”, destacou o diretor-presidente.

A gerente de desenvolvimento e inovação da Fapes, Luciana Paiva, destacou que o edital alcançou seu objetivo e que é importante que a sociedade saiba da variedade de projetos que foram desenvolvidos, e que ainda vão continuar mesmo após o término do edital.

Fonte: FAPES-ES

Próximos Eventos