Giro nos Estados

Pesquisadores recuperam patrimônio histórico da Aéropostale em Florianópolis

Um passo a mais foi dado na luta pela preservação, em Florianópolis, de parte do patrimônio histórico da Aéropostale, antiga linha de correio aéreo que, nas décadas de 1920 e 1930, implantou 11 escalas no Brasil, sendo uma na capital catarinense. No dia 11 de maio, uma comitiva internacional visitou o antigo casarão usado por pilotos da companhia francesa, cuja recuperação foi iniciada pela PMF (Prefeitura Municipal de Florianópolis). A meta é transformá-lo em ponto turístico e cultural da Ilha de Santa Catarina e Patrimônio Cultural Mundial da UNESCO.

Sergio Gargioni, presidente da FAPESC, Roseli Maria da Silva Pereir, superintendente do FCFFC, Mônica Cristina Corrêa, presidente da AMAB e Brigadeiro Ademir Siqueira Viana, vice-presidente da mesma Associação. Foto: Heloisa Dallanhol/ FAPESC

“Esse evento é importante para consolidar o investimento da FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina) e esforços pela preservação do patrimônio material e imaterial na cidade”, disse Mônica Cristina Corrêa, e presidente da AMAB (Associação Memória da Aéropostale no Brasil). Com recursos do governo estadual, ela realizou pesquisas – em parceria com a UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) – que deixaram claro o “valor universal” da casa, nas suas palavras. “A casa estava nas piores condições, correndo grande risco de ser demolida por desconhecimento de seu valor histórico”, disse Mônica Correa, que também é historiadora da Aéropostale no Brasil e se dedica ao projeto há uma década.

Além de prestigiar a visita ao casarão, ao terreno de aviação e antigos sítios da companhia no Campeche, o presidente do Raid Latécoère-Aéropostale, Hervé Berardi, abriu a exposição “Entre Estrelas” no Multi Open Shopping, no Rio Tavares. Constituída de 20 banners, maquetes de aviões, livros, a mostra aborda a obra-prima de Antoine de Saint-Exupéry, O Pequeno Príncipe, através do seu percurso como piloto. A exposição é gratuita e aberta ao público durante os horários de funcionamento do centro comercial.

Entre os presentes ao evento do dia 11, estavam Sergio Gargioni, presidente da FAPESC e dois jornalistas da TV franco-alemã ARTE, que realizam documentário-reportagem sobre alguns vestígios da Aéropostale no Brasil em virtude do centenário da companhia. Fundada pelo industrial Pierre Georges Latécoère em 1918, em Toulouse, a Aéropostale deixou marcas tanto na memória como na paisagem dos locais onde fincou bases. Pilotando aeronaves e fazendo escalas em Florianópolis estava Saint-Exupéry, aviador e escritor cuja obra se perpetua em projetos culturais, históricos, tecnológicos e educacionais de todo o planeta.

Anteriormente, os integrantes do Raid Latécoère-Aéropostale e da TV Arte, bem como a presidente da AMAB e a fotógrafa brasileira Mari Merlim estiveram por dois dias no Complexo Hospitalar Pediátrico de Curitiba, Hospital Pequeno Príncipe. Durante sua passagem, foram distribuídos exemplares do livro “Leo, o Aviador” e a AMAB promoveu a mostra fotográfica “Sou da minha infância”, que já esteve na França e versa sobre uma leitura de um pequeno príncipe negro nas dunas de Florianópolis.

Fonte: Fapesc

Próximos Eventos