+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Pernambuco vai receber tecnologia na produção de fármacos da Coreia do Sul

Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, deu o primeiro passo para implantação do parque de fármacos e biociências no estado. Foi assinado, em São Paulo, memorando de entendimento entre o Kiteck – Korea Institute of Industrial Technology, a Sectec e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Inovação Farmacêutica – INCT-IF, com sede na UFPE, que vai permitir a transferência de tecnologia da Coreia do Sul para produção de fármacos em Pernambuco.

Com o convênio, assinado pelo presidente da Kiteck, Lee Younpoo, e pelo diretor de Inovação da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado, Alexandre Stamford, que também representou o INCT-IF, o instituto Sul Coreano vai transferir a tecnologia necessária para montagem, no estado, de uma planta multipropósito para fabricação de fármacos.

Essa transferência de tecnologia vai possibilitar ao parque de fármacos e biociências, projeto que está sendo executada através de convênios da Sectec com o Centro Avançado de Inovações Terapêuticas e o INCT-RF, a fabricação de medicamentos da lista do SUS, ajudando o Brasil a diminuir a dependência externa na produção de fármacos, além de barateá-los, oferecendo a população um preço mais acessível.

Especialização – O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Inovação Farmacêutica (INCR-IF), coordenado pelo professor Ivan da Rocha Pitta, como parte do programa de capacitação para criação do parque de fármacos no estado, já enviou a Coreia do Sul seis estudantes de Pós-Graduação da Universidade Federal de Pernambuco. Eles estão se especializando nas operações da planta de fármacos e, ainda este ano, seguem para treinamento na Suíça. O próximo passo será obter a certificação internacional nos Estados Unidos. Ao todo, o programa contemplará 12 alunos da UFPE.

O memorando assinado faz parte do Programa de Cooperação em Tecnologia da Informação Brasil-Coreia, assinado na semana passada em São Paulo pela presidente Dilma Rousseff e a presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, que vai trazer inovações tecnológicas ao Brasil, além de proporcionar o intercâmbio de especialistas. Os acordos de cooperação envolverão empresas, universidades, centros de pesquisa. Essas iniciativas conjuntas gerarão oportunidade de negócios e o desenvolvimento de alto conteúdo tecnológico que atendam os mercados nacionais e internacionais.

Fonte: SECTEC-PE

Próximos Eventos