Giro nos Estados

Paulo Cordeiro apresenta modelo de Parque Tecnológico no RN

“O que nos leva a investir em um Parque Tecnológico e em uma Rede de Inovação é entender que não podemos competir com as economias mais avançadas apenas pelo preço da mão de obra. Nossa matéria-prima tem que ser o talento, a economia do conhecimento. Vamos maximizar a produtividade e a competitividade com nossa rede 2025@inovacaoRN”, afirmou o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Paulo Cordeiro, na apresentação do Parque Tecnológico ao Ministério de Ciência e Tecnologia, durante o encontro dos secretários do Nordeste, em Terezinha/PI, na última sexta-feira (17/07) .

 O Parque Tecnológico será instalado em Natal, construído e operado com recursos do Banco Mundial, e a Rede de Centros de Inovação, no interior do Rio Grande do Norte, contará com espaços de antigas fábricas, prédios públicos e privados, que darão lugar a incubadoras, startups e muitas empresas que desenvolveram conhecimento. “Teremos que contar com o setor privado e um novo conceito onde todos estejam inovando”, acrescentou.

Segundo Paulo Cordeiro, a criatividade e o talento serão adequadamente orientados. As vocações locais serão valorizadas para conexões com o mundo empresarial. A intenção é conectar as grandes empresas com os empreendedores, as empresas com os centros tecnológicos, os empreendedores com os investidores, buscando “Venture Capital” para investir em novas empresas.

O melhor exemplo disso é o Programa Pró-Sertão, desenvolvido pela SEDEC. “Desenvolvendo assim a economia permitiremos que as pessoas trabalhem perto de onde moram. A economia do conhecimento irá reforçar isto”, concluiu o Secretário.

Fonte:SEDEC-RN

Próximos Eventos