+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Parque tecnológico Guamá abre chamada pública para ocupação de módulos no Espaço Inovação

Empresas de base tecnológica das áreas de biotecnologia, energia, tecnologia da informação e comunicação, tecnologia ambiental e tecnologia mineral, laboratórios de pesquisa e desenvolvimento (p&d) e startups terão a oportunidade de operar em um ambiente de inovação sinérgico, dinâmico e competitivo. O Parque de Ciência e Tecnologia Guamá publicou, nesta terça-feira (15), o edital de seleção para ocupação dos módulos do prédio Espaço Inovação.

Com oito mil metros quadrados de área e investimentos de R$ 23 milhões, o Espaço Inovação, previsto para ser inaugurado no primeiro semestre deste ano, abre as portas com a operação de seis laboratórios de pesquisa e desenvolvimento das áreas de biotecnologia e tecnologia da informação e comunicação vinculados à Universidade Federal do Pará (UFPA) e à Embrapa Amazônia Oriental. Com o lançamento do edital, serão disponibilizados 30 módulos para locação, com metragens que variam entre 72m² e 150m², para empreendimentos de pequeno, médio e grande porte.

Para ter uma base no Espaço Inovação, empresas e instituições devem participar do edital. Além do espaço físico no PCT Guamá, os empreendimentos que vão operar no prédio também terão o suporte da unidade de negócios Guamá Business, que envolve atendimentos nas frentes de gestão na área de empreendedorismo inovador, proteção do conhecimento e captação de recursos. “O Espaço Inovação vai potencializar a dinâmica do PCT Guamá, viabilizando a interação entre academia e mercado e contribuindo para o fortalecimento do empreendedorismo inovador na região”, comenta Antônio Abelém, diretor-presidente do PCT Guamá.
Podem participar do processo de seleção pessoas jurídicas, regularmente constituídas há no mínimo dois anos, para atuar como empresa em uma ou mais áreas nos campos do: desenvolvimento tecnológico, desenvolvimento de pesquisa, transferência de tecnologia e/ou comercialização de tecnologias, preferencialmente nas áreas de atuação do PCT Guamá; e também pessoas físicas que apresentem projetos de startups.

Rede – O PCT Guamá tem o papel de estimular o empreendedorismo inovador e a transferência de tecnologia para o desenvolvimento de produtos e serviços de maior valor agregado e que sejam fortemente competitivos, visando contribuir com um modelo econômico orientado à inovação e ao desenvolvimento sustentável no Pará. Este parque tecnológico tem gestão da Fundação de Ciência e Tecnologia Guamá, por meio de um convênio com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet), que lhe presta aporte financeiro de manutenção, e foi construído com recursos do Governo do Estado, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) por meio da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa). Foi constituído por um convênio entre a Sectet, a Universidade Federal do Pará (UFPA) e a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA).

Também tem o apoio da Embrapa Amazônia Oriental, da Eletrobrás/Eletronorte, do Sebrae-PA, do Banco da Amazônia, da Universidade do Estado do Pará (UEPA), do Museu Paraense Emílio Goeldi, da Agência de Inovação da UFPA (Universitec/UFPA), do Núcleo de Inovação Tecnológica do Centro Universitário do Estado do Pará (NIT/Cesupa), do Programa  Redes Inovação e Sustentabilidade Econômica, da Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa), da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) e da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec).

A íntegra do edital e seus anexos estão disponíveis no link.

Para informações adicionais e esclarecimentos: coaf@fundacaoguama.org.br / (91) 3321-8900.

Fonte: SECTET-PA

Próximos Eventos