Giro nos Estados

Parceria Faperj e Capes resulta no lançamento de mais um edital

A Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa (Faperj), em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), assinaram em dezembro mais um acordo que resultou no lançamento da terceira edição do programa de Apoio ao Pós-Doutorado no Rio de Janeiro (PAPDRJ). Esse é o último edital de 2013, fechando com os 45 editais programados no início do ano.

 – É um enorme prazer assinar um acordo como este novamente. Os principais avanços da C&T no Brasil, ao logo da história, foram obtidos pelo crescimento da qualidade dos cursos de pós-graduação. No último triênio, 23% das notas nacionais dos cursos de pós-graduação em todo o País cresceram, e apenas 8% delas desceram – afirmou o presidente da Capes, Jorge Guimarães.

Para o presidente da Faperj, Ruy Marques, o PAPD é imprescindível e estratégico para a consolidação do crescimento da pesquisa no estado. Ele ainda adiantou algumas ações da FAPERJ para o próximo ano.

– Esperamos contar com uma extensão do recém-lançado doutorado sanduíche reverso para estágios de doutorandos advindos de outros estados brasileiros – destacou.

Ele também falou sobre a criação de uma versão mais ousada do edital Pensa Rio, voltado a apoiar temas estratégicos e relevantes para o governo do estado.

-Teremos uma edição ampliada, com recursos na ordem de R$ 60 milhões, com três anos para desenvolvimento dos projetos contemplados. A partir de uma pré-seleção realizada on-line, em uma avaliação presencial, os proponentes realizariam curtas apresentações orais de seus projetos de pesquisa para um Comitê com especialistas estrangeiros – afirmou.

O acordo firmado pela Capes e a FAPERJ prevê oferecer bolsas de pós-doutorado e taxas de bancada para pesquisadores nas instituições de ensino superior (IES) pelo programa PAPD. A vigência das bolsas está prevista para ter início em abril de 2014. Os coordenadores dos cursos de pós-graduação que tiverem bolsistas contemplados com bolsas de pós-graduação ainda poderão concorrer a um segundo edital, o “Equipamento Solidário”, voltado para apoiar a aquisição de equipamentos de pequeno e médio porte.

O edital dá prosseguimento ao acordo para cooperação técnica e acadêmica fechado entre as duas agências de fomento, como forma de reforçar a pós-graduação e grupos de pesquisa sediados no estado, estimulando a renovação de quadros nas universidades e instituições de pesquisa fluminenses.

A prioridade para apoio será para projetos que envolvam programas de pós-graduação em instituições de ensino superior, vinculados ou não a empresas, para a formação e para a consolidação da formação de pós-graduandos para o ensino e para a pesquisa; para programas de pós-graduação de centros ou institutos de pesquisa, vinculados ou não a empresas, para o desenvolvimento de patentes e outros; os projetos que contem com o apoio adicional ao bolsista.

Fonte: FAPERJ

Próximos Eventos