+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Parceria entre Secitec e PM contempla escola em Várzea Grande

Numa parceria entre a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Secitec), Prefeitura de Várzea Grande e Polícia Militar, a Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) David Mayer, no bairro São Simão, recebeu mais um polo de inclusão digital do projeto Catis. A solenidade ocorreu no dia 18 de novembro.

Desenvolvido pela Polícia Militar, o objetivo do programa é o combate à violência e ao consumo e tráfico doméstico de drogas, a prostituição infantil, além de maior atenção ao idoso e a violência contra a mulher. O programa oferece cursos com intuito de inclusão social e digital, possibilitando aos alunos um maior desenvolvimento nas atividades educacionais, como também aos seus familiares e comunidade escolar em capacitações e qualificações, proporcionando qualidade de vida e o empreendedorismo.

“Ficamos muito felizes quando recebemos a notícia de que seríamos um dos polos desse projeto. A nossa escola não dispunha de um espaço como esse, – um laboratório de informática-, mas hoje a nossa alegria está completa, pois a partir de agora ampliaremos o nosso compromisso com a educação, com o saber, com a comunidade e a cidadania. Com essa ferramenta teremos muito mais condições de preparar os nossos alunos, futuros cidadãos para a vida”, revelou emocionada a diretora da Emeb David Mayer, Cleiner Rodrigues da Silva.

Para o chefe de gabinete da Secretaria de Educação, Lázaro Donizete da Silva, a comunidade escolar estará a partir de agora, mais servida de informações, cultura e inclusão. “Como educador devo ressaltar que quando se tem informação, se tem poder, por isso, esta comunidade deve utilizar-se ao máximo desse espaço que está sendo disponibilizado pela riqueza de transformação que trará em suas vidas e no mundo”, pontuou.

O secretário adjunto da Cultura, Edmilson Maciel, também destacou que a escola é referência para o encaminhamento de vida dos indivíduos. Lembrou que essa grande conquista não é da prefeitura ou de qualquer outro parceiro do projeto, mas sim, da comunidade. “A escola é o futuro, e por isso vocês devem utilizar deste espaço de forma consciente e com valorização. Zelar pelo bem público, para que possa perdurar o máximo de tempo possível, para poder se usufruir por mais tempo também”, destacou.

A superintendente de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e de Inovação da Secitec, Bernadete Ribeiro de Assis, ressaltou que o trabalho desenvolvido é um projeto sério, e que o objetivo deve ser cumprido. “Estamos disponibilizando a infraestrutura necessária com o objetivo da inclusão, por isso é importante a participação de todos. Se empenhem, aproveitem o espaço de forma consciente e produtiva. Busquem as instituições de ensinos que ofertem cursos profissionalizantes e não deixem o espaço ocioso”, orientou.

O secretário de Comunicação Social, Eduardo Ferreira, no ato representando o prefeito, Walace Guimarães, reforçou o compromisso do atual chefe do executivo em parceiras de sucesso como o da Rede Cidadã. “O prefeito Walace Guimarães não mede esforços em oferecer sempre o melhor para a sociedade várzea-grandense. Parcerias como estas nos enchem de orgulho, porque estamos proporcionando possibilidades de transformações e mudanças para a nossa cidade. A escola é o local de mudança, por isso é importante investir em educação. Várzea Grande precisa e merece cidadãos antenados, globalizados, atuantes criticamente e politicamente no meio em que vivem”, sublinhou.

“A escola é local onde se aprende, se desperta a curiosidade e a criatividade, por isso vocês devem permanecer o maior tempo possível neste ambiente crianças, juntamente com os seus pais e familiares. Não dê a oportunidade aquilo que não vai acrescentar nada em suas vidas, busquem melhorar, crescer, se formarem cidadãos de bem. Temos que ter consciência de que devemos cuidar um dos outros e de tudo aquilo que seja do bem comum. Desfrutem do espaço que está disponibilizado, retribuindo com o desenvolvimento de bons projetos, de campo de pesquisa…isso é que esperamos de todos vocês”, revelou o Coronel do 2º Comando Geral da Política Militar, Cel. PM. Coneza.

Por meio do Termo de Compromisso assinado pelos parceiros envolvidos no projeto foi disponibilizado o Centro Avançado Tecnológico de Inclusão Social (Catis) nas dependências da escola David Mayer contendo: 11 computadores (sendo 01 para monitoria), mobílias, 1 ar condicionado, 1 impressora, 1 quadro branco e 1 data show.

Participaram do evento os presidentes do Conselho de Segurança Comunitária (Conseg), Sr. Edmundo (Ouro Verde) e o Sr. Danilo (Cristo Rei), Ten. Cel. PM. Oliveira, 3º Sgto. Paulo (Rede Cidadã), secretário Adjunto de Turismo, Fábio Farias, Coordenador Pedagógico da Emeb David Mayer, Carlos Roberto de Oliveira, alunos, pais e comunidade escolar.

Fonte: SECITEC

Próximos Eventos