+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Parceria entre Governo do Estado e TRE cria 1.000 vagas de estágio em São Luis

O Governo do Estado e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MA) assinaram Termo de Cooperação Técnica, que cede os Centros Comunitários (CSUs) da Cohab e do Vinhais para utilização da Justiça Eleitoral no recadastramento dos eleitores maranhenses no sistema biométrico. O termo foi assinado pelos secretários chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva, e de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar, Fernando Fialho, e pela presidente do TRE/MA, desembargadora Anildes de Jesus Bernardes Chaves Cruz, nesta última quarta-feira,(30), no Palácio dos Leões.

Acompanharam a assinatura, os secretários de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Rosane Guerra; de Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy; e de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania, Luiza Oliveira; além de desembargadores, juízes e técnicos do Tribunal Regional Eleitoral.

Na ocasião, também, foi assinado o Termo de Cooperação Técnica entre a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, por meio da Universidade Virtual do Maranhão (Univima) e o Tribunal Regional Eleitoral. O termo, assinado por Rosane Guerra e pela desembargadora Anildes Cruz, vai criar mil vagas de estágio destinadas aos alunos do Univima, integrantes do Programa de Estágio Viva Primeiro Emprego, para atuarem do recadastro biométrico.

A secretária Rosane Guerra afirmou que o estágio formará profissionais preparados para atuarem no mercado de trabalho. “Serão selecionados mil alunos dos cursos de inglês, informática e ensino à distância, cursos afins ao trabalho a ser desenvolvido, além disso, os estagiários receberão formação complementar do TRE, o que vai facilitar o ingresso deles no mercado de trabalho”, contou.

Recadastramento Biométrico

O secretário Luís Fernando Silva, representando a governadora Roseana Sarney, falou sobre a importância da parceria, fundamental para o processo democrático de votação. “O apoio logístico do Governo do Estado é fundamental para a celeridade do processo de recadastramento dos eleitores, de forma a garantir o direito e o dever de que todos exerçam a cidadania”, afirmou.

A presidente do TRE, desembargadora Anildes Cruz, ressaltou que o apoio do governo está sendo decisivo para que nas próximas eleições a votação com o sistema biométrico seja iniciada. “Todos os servidores do TRE já estão engajados nesse processo de recadastramento, e com os Centros Comunitários cedidos pelo governo em bairros com grande fluxo de eleitores será possível estar mais próximo do cidadão e realizar um grande número de cadastros no novo sistema”, afirmou.

Os Centros Comunitários da Cohab e do Vinhais serão cedidos para que a Justiça Eleitoral instale postos de atendimento para recadastramento biométrico dos eleitores. Os postos de cadastro das impressões digitais vão funcionar no período de 4 de março a 19 de dezembro deste ano.

Os CSUs realizam atividades em diversas áreas, incluindo social e cultural. Segundo o secretário Fernando Fialho, as ações nesses espaços continuarão a serem desenvolvidas, mesmo com a doação de parte da área para o Tribunal. “O Governo do Estado cedeu locais estratégicos dentro dos centros comunitários para o TRE. Com isso, as atividades dos espaços continuam a acontecer normalmente. Os locais escolhidos são de fácil acesso à população, ajudando para que o recadastramento seja realizado de forma mais rápida possível”, afirmou ele.

Fonte-SECTEC-GO

Próximos Eventos