Giro nos Estados

Paraná coordenará rotas de TI com Inteligência Artificial no Brasil

O Parque Tecnológico de Itaipu e o Ministério da Integração Nacional vão assinar, ainda em agosto, um convênio onde o PTI assume a coordenação das rotas de Tecnologia da Informação em Inteligência Artificial para as rotas produtivas no Brasil. O PTI, antecipa o gerente de TI, Carlos Araújo, dará suporte técnico nacional para que essas rotas possam otimizar os negócios a partir do uso de IA. “É permitir que os negócios fluam de forma mais eficiente nas rotas dos suínos, no Nordeste, na rota do Cacau, na Bahia, em todas as rotas de negócios voltados para o desenvolvimento econômico regional do Brasil”, antecipa Araújo.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o My Inova Summit, realizado nos dias 02 e 03 de agosto, em Foz do Iguaçu, o gerente de TI do Parque Tecnológico de Itaipu diz que o PTI também atua como uma nuvem. “Nós damos suporte a clientes como o Ministério Público, o Tribunal de Contas do Estado e para a Conferência Nacional de Municípios, para quem estamos desenvolvendo um software de gestão público voltado à transparência, em plataforma open source”, explica.

O PTI trabalha para ser o hub de inovação do Paraná, mas o desafio maior é transformar o Estado em referência internacional em TI em 2035. “Essa iniciativa tem como pilar a governança de TI. Um projeto que não é de governo, mas de Estado. É para ficar, não tem sabor político. O investimento acontece nas crianças do fundamental 1, com sete anos. Eles serão a geração que vai, de fato, mudar as coisas”. Assistam a entrevista com Carlos Araújo, do Parque Tecnológico de Itaipu.

Fonte: Convergência Digital

Próximos Eventos