Giro nos Estados

Pará terá Feira Internacional de Ciência e Tecnologia

Um amplo debate sobre ciência e tecnologia na Amazônia e no mundo está sendo preparado para o período de 14 a 16 de dezembro, pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (Sedect), na Feira Internacional de Ciência e Tecnologia da Amazônia, que trará a Belém palestrantes de diferentes países e também de diversas instituições brasileiras, no Hangar Centro de Convenções.

Entre os temas a ser discutidos em diferentes painéis, estão políticas e investimentos em ciência e tecnologia, o cenário da política de ciência e tecnologia no Brasil e no Pará, desenvolvimento sustentável e inclusão digital, fomento à pesquisa e redes de pesquisa.

Uma série de palestras vai tratar de assuntos de interesse de acadêmicos, profissionais e estudantes. Um exemplo é a palestra que vai tratar da política de ciência e tecnologia na União Européia, a ser proferida pelo professor da Universidade do Porto Vladimiro Miranda, que também é diretor do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores (Inesc) do Porto (Portugal), prevista para acontecer logo após a abertura do evento, a partir das 9h do dia 14. Em outra palestra, durante o evento, o professor Vladimiro vai falar sobre a implantação da política de ciência e tecnologia em Portugal.

Logo a seguir, também na manhã de abertura da Feira, o presidente da Academia Brasileira de Ciência (ABC), Jacob Palis, vai tratar da atuação da entidade na implantação da política nacional de ciência e tecnologia.

Também já confirmaram presenças entre os palestrantes que participam da Feira Internacional de Ciência e Tecnologia o presidente da Comissão de Implantação do Programa Nacional de Pós-Graduação, professor Francisco Cesar de Sá Barreto, que vai falar sobre a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal de Nível Superior) e o Programa Nacional de Pós-Graduação para o período de 2011 a 2020.

Os professores Thomas Moore e Ana Moore, ambos da Arizona State University (Estados Unidos), farão palestras respectivamente sobre os desafios da ciência e tecnologia para o desenvolvimento sustentável no contexto amazônico e as perspectivas de atuação do Instituto Vale de Tecnologia. Em outra palestra, o coordenador geral de Pesquisa do HP Labs, o instituto de pesquisa da indústria de tecnologia HP, na Califórnia (EUA), Claudio Bartolini, vai falar sobre processos de Gestão de Tecnologia da Informação (TI). Vários outros palestrantes e convidados da Feira Internacional de Ciência e Tecnologia da Amazônia são esperados para participar da programação.

Mais informações sobre a feira no e-mail feiraict@gmail.com

Fonte: Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia do Pará (SEDECT)