+55 (61) 4101-6508 / 4101-6509

Giro nos Estados

Pará destina mais seis milhões para investimento em pesquisa

A Fundação de Amparo a Pesquisa do Pará (Fapespa) assinou convênio com a Universidade Estadual do Pará (UEPA) no valor total de seis milhões de reais para o Programa de Fortalecimento da Pesquisa e Pós-graduação da instituição de ensino superior do Estado. A assinatura do documento foi feita na manhã desta última terça-feira, 28, no campus do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde – CCBS da UEPA.

Estavam presentes á assinatura, a Reitora da universidade, Professora Marília Brasil Xavier, o Secretário Adjunto da Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (Sedect), João Weyl e o Diretor-Presidente da Fapespa, Ubiratan Holanda Bezerra, além de alunos e professores da instituição.

Com recursos provenientes da SEDECT, FAPESPA e UEPA, o valor total será investido até o ano de 2013, com objetivo de financiar bolsas em diversos projetos estratégicos na área da saúde, com reflexos nos setores da educação, tecnologia e ações voltadas para o bem estar da sociedade.

O Secretário Adjunto da SEDECT, João Weyl, afirma que é de suma importância o fortalecimento da UEPA para o desenvolvimento em CT&I no Estado.

“A UEPA é muito importante no cenário de desenvolvimento da ciência e tecnologia no Pará, principalmente na área da saúde. A gente precisa que a UEPA cresça e se fortaleça nesse cenário para que alcance todo o Estado do Pará”, disse Weyl.

Fortalecendo o conhecimento científico
O emprego de recursos no Programa de Fortalecimento da Pesquisa e Pós-Graduação da UEPA valoriza a necessidade de crescimento na área de recursos humanos no Pará, principalmente no processo de fixação de profissionais de Pós-Graduação na região amazônica.

A Reitora da UEPA, Professora Marília Brasil Xavier, lembrou que muitos alunos terminam a graduação e vão buscar oportunidades fora do Estado, e a parceria FAPESPA/UEPA colabora para a fixação dessa mão de obra especializada na região.

“Não existe região nenhuma que cresça se não houver investimentos em recursos humanos. Nós perdemos alunos que vão fazer pós-graduação lá fora e não voltam, por isso é preciso ter leitura de contexto e avaliar qual universidade a sociedade precisa, e com investimento em recursos humanos podemos ter uma instituição com compromisso e visão estratégica para fixar esses pesquisadores no Estado”, explicou.

A valorização da pesquisa científicas na UEPA faz parte das diretrizes do novo modelo de desenvolvimento para o Estado do Pará, que coloca a tecnologia e a pesquisa científica ao serviço das necessidades sociais e econômicas do Estado, é o que afirma o Diretor-Presidente da Fapespa, Ubiratan Bezerra.

“Não há como haver desenvolvimento em recursos humanos no modelo atual de CT&I sem ter uma Universidade Estadual forte, integrada a sociedade. Essa parceria objetiva fortalecer a estrutura física e de recursos humanos da UEPA constituindo uma parceira forte para o desenvolvimento do Estado”, analisa Ubiratan Bezerra.

Parceria
A parceria entre a Fapespa e a UEPA não iniciou agora com a assinatura do Programa de Fortalecimento da Pesquisa em Áreas Estratégicas da instituição.

Esta já é estabelecida desde quando a Fundação iniciou suas atividades, tendo como exemplo o processo de execução dos Projetos de Doutorado Interinstitucional – Dinter e de Mestrado Interinstitucional – Minter em Medicina Tropical e 120 bolsas PIBIC Jr para o Planetário em um Convênio UEPA/SEDECT/FAPESPA.

A Fundação de Amparo a Pesquisa do Pará também abre Editais de interesse da UEPA para fortalecimento da Pós-Graduação e Pesquisa por meio de concessão de Bolsas para Professor Sênior Nacional (CAPES/FAPESPA), as Bolsas do Programa de Desenvolvimento Científico e Regional – DCR (CNPq/FAPESPA) e Bolsas do Programa Nacional de Pós-Doutorado – PNPD (Convênio CAPES / FAPESPA) entre outras.

Fonte: Fundação de Amparo a Pesquisa do Pará

Compartilhe:

    Próximos Eventos