Giro nos Estados

Operadoras móveis expandem para São Paulo sistema de alerta de desastres naturais via SMS

As prestadoras de telefonia móvel expandiram para o Estado de São Paulo o sistema que dará suporte ao envio de alertas para informar a população, via SMS, sobre o risco de ocorrência de desastres naturais, como chuvas fortes, alagamentos, enchentes e deslizamentos. O sistema, que passa a operar em São Paulo nesta quinta-feira, 16, começou a funcionar fevereiro deste ano e já está disponível, também, em todos os municípios dos Estados do Paraná e Santa Catarina. A operação nos três Estados vai compreender mais de 70 milhões de telefones móveis.

A previsão é que ao longo de 2018 chegue a todo o País. Ainda neste ano, em 18 de dezembro, o serviço estará disponível no Espírito Santo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.  Desde fevereiro, foram encaminhadas 1 milhão de mensagens de alerta, no Paraná e em Santa Catarina.

Coordenado pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), do Ministério da Integração, o sistema está sendo implantado em parceria com a Defesa Civil dos Estados e com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). As pessoas que se cadastrarem no sistema pelo celular recebem os alertas gratuitamente, pois o custo do envio das mensagens ficará a cargo das prestadoras.

Para receber os alertas, a população deve se cadastrar pelo celular, enviando uma mensagem para o número 40199, com o CEP do endereço que deseja ser monitorado. Podem ser cadastrados vários CEPs para um mesmo número de celular.

Quando o sistema se torna disponível em determinada região, a Defesa Civil promove campanhas diversas e a população é chamada a se cadastrar. A mensagem de texto que a população receberá da Defesa Civil será: “Defesa Civil informa: novo serviço de envio de SMS gratuito de alertas de riscos de desastres. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse”.

Qualquer pessoa que estiver em uma das localidades atendidas pode se cadastrar, mesmo não tendo recebido a mensagem e não sendo morador da região, desde que informe um CEP do local atendido.

O processo de envio da mensagem de alerta de desastre natural começa com a Defesa Civil, que detecta a possibilidade de ocorrência de um evento que pode trazer risco para a população em determinada região. A Defesa Civil, então, manda para o sistema informações sobre a região que vai ser atingida e a mensagem que deverá ser enviada pelas prestadoras aos celulares daquela região que fizeram o cadastro.

Fonte: TI Inside

Próximos Eventos