Giro nos Estados

om aporte da SECTI, Campus do Agreste da UFPE inaugura Laboratório de Tecnologia Têxtil – Fios e Fibras

O Agreste de Pernambuco vai ser beneficiado com uma ação impactante para o setor têxtil que contou com o apoio da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI). Na manhã desta quarta-feira (20.03), o Laboratório de Tecnologia Têxtil – Fios e Fibras do Campus Agreste da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) foi inaugurado.

O laboratório contou com a doação de equipamentos no valor de R$ 530 mil do Governo do Estado, fruto do convênio entre a SECTI e Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A cessão dos materiais ocorreu em 2018, na gestão de Lúcia Melo.

O centro de pesquisa vai desenvolver análises avançadas em tecidos e fios, que poderão render produtos de tecnologia avançada, mais duráveis, resistentes e com baixo custo de produção. A universidade vai atuar como parceira das empresas com foco na demanda local.

A iniciativa vai incentivar uma cadeia produtiva forte da economia. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit), o setor têxtil de Pernambuco fatura aproximadamente R$ 5 bilhões e conta com 2.561 empresas, sendo 330 têxteis e 2.231 de confecção. As empresas geram 24.596 empregos formais, sendo 5.849 na indústria têxtil e 18.747 na confecção.

Presente à cerimônia de inauguração, o secretário Aluísio Lessa destacou que o laboratório vai beneficiar todo a região, cuja produção têxtil é a atividade econômica majoritária: “O incremento das análises e pesquisas da UFPE vai oferecer ao setor têxtil a capacidade de produzir mais a um custo menor, levando a atividade para contribuir de maneira ainda mais significativa com o desenvolvimento do Agreste”, disse.

O gestor reforçou a importância da integração entre os setores: “O Governo de Pernambuco busca atuar em convergência com a iniciativa privada e as instituições acadêmicas pautado no benefício para a sociedade. É com ações como a que estamos vendo aqui no Campus do Agreste, pautadas na unidade, que geramos impactos positivos em todos os setores e levamos desenvolvimento econômico e social para o estado”, ressaltou.

Fonte: SECTI-PE

Próximos Eventos