Giro nos Estados

Obra da Farmácia Escola é iniciada no campus Marco Zero no Amapá

A construção do prédio onde será abrigada a farmácia escola da Universidade Federal do Amapá (Unifap) teve inicio nesta segunda-feira, 21. Os acadêmicos do curso de farmácia terão um espaço para aliar prática e teoria em pouco menos de um ano: 360 dias, prazo para a conclusão dos serviços. Serão investidos R$ 3. 034. 057, 31 para garantir um ambiente que colabore para alavancar a pesquisa farmacêutica no estado do Amapá.

Alunos do curso de farmácia, coordenadores e diretores de departamentos da universidade prestigiaram a solenidade de inicio das obras. Segundo o reitor da Unifap, José Carlos Tavares, a Farmácia Escola vai colocar o alunado em contato direto com a manipulação de diversas formas fármacos.  Além disso, os estudantes terão um espaço para estágio.  “Nós vamos oferecer estágios curriculares orientados por professores, em situação de rotina. Essa é uma excelente oportunidade de aprender e contribuir para o desenvolvimento da profissão farmacêutica”, afirmou o reitor.

A comunidade amapaense também será beneficiada após o funcionamento da farmácia escola. No local poderão ser encontrados medicamentos genéricos, similares e correlatos, comercializados a baixo custo para a população local. “Os estudantes irão fabricar medicamentos com o objetivo de facilitar o acesso da população de baixa renda a esses produtos”, garantiu Tavares.

Os preços praticados tendem a ser menores do que em qualquer farmácia, pois o objetivo é gerar conhecimento, não o lucro. Os medicamentos também serão disponibilizados para a policlínica que funciona na universidade. A coordenadora do curso de farmácia, Jocivânia Oliveira da Silva, disse que a produção de medicamentos a baixo custo tem como finalidade colaborar para a melhoria da saúde pública e a formação de farmacêuticos comprometidos com o social.

Ao final do evento o professor Tavares citou diversas obras que estão ajudando a mudar a aparência da Unifap e o ensino na instituição. Em poucos anos a universidade vem ocupando os espaços que outrora eram campos vazios. O reitor mencionou algumas obras como as do prédio dos cursos de direito e relações internacionais, prédio das engenharias, laboratórios de biologia, centro de vivência, galeria de artes e outros. Após a cerimônia, alunos e professores do curso se reuniram para festejar o dia do farmacêutico, ocorrido no último domingo, 20 de janeiro.

Fonte: UNIFAP

Próximos Eventos