+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Novos equipamentos vão auxiliar convênio entre ITPS e Semarh

Auxiliar no monitoramento de recursos hídricos de Sergipe, objeto do convênio mantido entre o Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado (ITPS) e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh). Com esse objetivo, foram doados pela Agência Nacional de Águas (ANA) e repassados para o ITPS pela Semarh, equipamentos entregues nesta terça-feira, 23, que irão auxiliar nesse trabalho. O presidente do ITPS, José do Patrocínio recebeu das mãos do secretário Genival Nunes (Semarh), a doação de dois medidores de vazão acústicos com unidade de leitura e processamento portátil e uma sonda de qualidade de água com sensores de PH, oxigênio dissolvido ótico, temperatura, turbidez e condutividade que serão utilizados nos laboratórios do órgão, para auxiliar nas atividades de análise.

O Programa de Monitoramento dos Recursos Hídricos do Estado de Sergipe prevê o acompanhamento de mananciais superficiais que envolvem sete bacias hidrográficas e 18 reservatórios de água no Estado. De acordo com José do Patrocínio, a coleta das amostras e análise dos parâmetros de qualidade das águas compreende 25 municípios. “Estamos nesse convênio desde 2012 e já concluímos duas campanhas. Os equipamentos recebidos hoje vão nos subsidiar nessa terceira etapa do trabalho”, observou o presidente do ITPS ao ressaltar que os novos equipamentos proporcionarão uma maior rapidez e eficiência às medidas analisadas. Também na ocasião foi doada uma sonda de qualidade da água para a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema).

Para o secretário Genival Nunes, o ITPS é uma instituição que tem uma história muito bonita, de mais de 90 anos no Estado de Sergipe, com laboratórios de renome nacional, acreditados pelo Inmetro e que serão incrementados ainda mais com a chegada desses novos equipamentos. “A Política Estadual de Recursos Hídricos tem apontado para a análise da qualidade de água e de vazão e ao fazer essa parceria com um órgão estadual nós estamos transversalizando as ações, quer dizer, se esses recursos poderiam ir para a iniciativa privada, por que não ir para um órgão do Estado que tem capacidade, que tem expertise para fazer isso”, observou ao destacar que com isso a Secretaria de Meio Ambiente está contribuindo para ampliar as condições técnicas de análise da vazão e da qualidade da água. “Com isso estamos fazendo com que as secretarias e órgãos da administração pública estadual possam trabalhar em conjunto, com um objetivo comum, nesse caso específico, a melhoria da qualidade da água das bacias do Estado”, confirmou.

 Fonte: Sedetec SE

Próximos Eventos