Giro nos Estados

Novo polo tecnológico foi inaugurado na sexta-feira pelo SergipeTec

Nesta sexta-feira, dia 03, os sergipanos ganharam um imponente polo de inovações tecnológicas e desenvolvimento econômico – o Sergipe Parque Tecnológico Engenheiro Agrônomo Rosalvo Alexandre (Sergipe Tec). A obra foi inaugurada pelo governador Jackson Barreto, ao lado do vice-governador Belivaldo Chagas, demais autoridades, familiares e Aline Lima, companheira do homenageado, o popular e saudoso Bocão. Localizado em São Cristóvão, próximo ao campus da Universidade Federal de Sergipe, o investimento supera os R$ 40 milhões e é composto por sete prédios, com laboratórios e espaço para 60 empresas e instituições de pesquisa.

Para a construção da nova sede do Sergipe Tec foram investidos R$ 33 milhões em obras e R$ 7 milhões em equipamento, recursos do extinto Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI); da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep); e do Governo de Sergipe. O empreendimento ocupa uma área de 120 mil m², cedida pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), ao lado do Campus.

“Uma obra deste porte, sem dúvida alguma, servirá de grande elo com a nossa Universidade Federal, com nosso Instituto Federal, com a universidade Tiradentes e com todas as instituições de nível superior do nosso estado para fomentar o desenvolvimento, oportunizar uma cadeia incessante de compromisso em favor da modernidade, das novas tecnologias e de inovações. Fico muito feliz de estar aqui em São Cristóvão, que precisa de inovação e que hoje está aplaudindo a chegada dessa instituição dentro do seu território, com o compromisso de desenvolver Sergipe. Confesso a minha extrema emoção e não posso deixar, por dever e por honra, de dizer que a construção dessa obra foi possível graças ao governo da presidente Dilma Rousseff. Aqui, foram investidos R$ 40 milhões dos quais R$33 milhões do Governo Federal”, destacou o governador.

Ainda durante o discurso de entrega da obra, o governador, visivelmente emocionado, lembrou do amigo Rosalvo Alexandre, que dá nome ao Parque, e do ex-governador Marcelo Déda, que iniciou a obra em 2008.

“Quando cheguei aqui, Aline, sua companheira, e as irmãs de Rosalvo, Ivoni e Sônia, disseram que não pensavam que era uma obra tão grande que estava homenageando Rosalvo Alexandre. Eu respondi que é do tamanho e da grandeza de Rosalvo. Olhando para Eliane Aquino, não posso deixar de destacar que esse investimento nasceu da ideia, do compromisso de Marcelo Déda com o futuro de Sergipe, com um estado moderno e desenvolvido. Não podemos esquecer também de Marcos Vandi, que esteve à frente deste projeto. Muita gente pensava que esta obra não chegaria ao final, mas aquilo que significa desenvolvimento, inovação, modernidade, novas tecnologias é de muita importância para quem tem compromisso com o futuro desse estado. Continuamos a obra de Marcelo e Déda e hoje, Déda e Rosalvo estão sendo homenageados. Um iniciou a obra. O outro deu nome a ela. Um perfeito entrosamento de ideias, de compromissos, de história em favor de Sergipe, do desenvolvimento das lutas em favor das causas populares e do compromisso social”, discursou Jackson Barreto.

Após o descerramento das placas, foi exibido vídeo institucional produzido pela Cehop sobre o andamento da obra, com imagens aéreas do empreendimento. E o governador também fez a entrega simbólica de certificados aos concludentes do Projeto do Centro Vocacional Tecnológico do Sergipe Tec (CVT/Sergipe Tec) certifica 50 alunos nos cursos de Atendimento ao Cliente e Rotinas Administrativas.

A obra

O Sergipe Tec tem entre suas missões promover a sinergia entre academia e empresas, com foco no desenvolvimento estadual, envolvendo empreendedorismo, inovação, competitividade, geração de conhecimento, trabalho e renda, a partir da criação de redes de relacionamento, que promovam a inclusão digital.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Francisco Dantas, disse que a ação dos gestores Marcelo Déda, que iniciou, e de Jackson Barreto, que concluiu a obra, deu aos sergipanos um importante equipamento de desenvolvimento econômico. “A tecnologia vai encontrar sua casa, uma estrutura que vai permitir sair de oito empresas incubadoras para 60. Mostra o compromisso que o governo tem com o povo, que vai trazer progresso e gerar emprego. Aqui é um marco para o crescimento de Sergipe”, classificou.

No espaço atuarão instituições nas áreas de Biotecnologia, Tecnologia da Informação e da Comunicação (TIC), Energias Renováveis e Meio Ambiente; um Centro Vocacional Tecnológico/CVT, o Centro Catalisador de Competências em Tecnologia da Informação/C3TI); duas biofábricas para produção de mudas microproagadas, uma unidade de produção de fungos para controle biológico de pragas da agricultura, uma incubadora de empresas multissetoriais e outra de empresas de base tecnológica em energia renováveis, um núcleo de energias renováveis e eficiência energética com cinco laboratórios e um laboratório de pesquisas em biotecnologia.

De acordo com o Diretor do Sergipe Tec, Manoel Hora, a administração do parque tecnológico já está instalada. “Mas a maior parte desta área será exatamente para as atividades que foram citadas aqui, nossa equipe está animada por esta possibilidade, com certeza daqui para o final do ano teremos oportunidade de colocar várias empresas nas salas que estão previstas para aluguel e incubadoras. Teremos a oportunidade, nas área de energias renováveis, na medida em que as máquinas e os equipamentos, que já estão adquiridos pelo governo, sejam instalados. Está em andamento através da Seinfra a construção de um auditório com os recursos finais do convênio. De minha parte, quero mais uma vez agradecer ao governador esta honra de ter me proporcionado ao me nomear presidente do Sergipe Tec e estar presente neste momento em que esta inauguração e este parque tecnológico recebe o nome do meu amigo, honrado, altivo, trabalhador e desenvolvimentista Rosalvo Alexandre”, disse.

Também estão sendo investidos cerca de R$ 5 milhões no Instituto de Análise Criminal e Pesquisa Forense (IAPF), vinculado a Cogerp/SSP, que terá sete laboratórios (DNA e Toxicologia, Perícia Forense, Química Legal, Entomologia, Informática, Fonética e Biologia) e irá funcionar em um prédio de 870 m².

Homenagem

O Engenheiro Agrônomo formado pela Universidade Federal da Bahia – Cruz das Almas (1972), Rosalvo Alexandre Lima iniciou a militância política no colégio estadual Atheneu, quando integrou a base estudantil do Partido Comunista Brasileiro (PCB), à época um partido clandestino.  Foi Presidente do Diretório Acadêmico do curso de Engenharia Agronômica. Durante a ditadura militar, foi preso na Operação Cajueiro e torturado. Filou-se ao Movimento Democrático Brasileiro, o qual deu origem ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Foi vereador em Aracaju entre 1989 e 1993. Junto ao governador Jackson Barreto, ajudou a fundar a Sigla em Sergipe. Faleceu em 11 de julho de 2015, deixando três filhos.

O governador Jackson Barreto ficou bastante emocionado ao falar do seu grande amigo. “Bocão nunca será esquecido por nós, pela sua geração, por aqueles que acreditaram que a força do povo é maior do que qualquer coisa. A sua história e a sua vida, Rosalvo, nós não iremos esquecer nunca”, disse. Ele também fez referência à companheira do amigo, Aline.

“Quero dizer a você, Aline, que os amigos de Rosalvo Alexandre agradecem imensamente por tudo o que você fez por ele. O sofrimento de Rosalvo Alexandre foi compartilhado por todos os seus familiares, mas, Aline, você teve uma atuação que aqueles que conviveram não vão esquecer nunca, de companheira, 24 horas à disposição dele. Nós lhe agradecemos muito por isso e temos por você carinho e respeito”.

Representando os familiares, a irmã do homenageado e vereadora de Itabaiana, Ivoni Lima, agradeceu ao governo pela deferência. “Em nome da minha família, da irmã mais velha e da companheira que cuidou com todo carinho, Aline, e seu grande amigo, fiel escudeiro  e motorista Rafael,  senhor governador, quero dizer que estamos muito agradecidos por esta grandiosa homenagem e tenha certeza que nós seremos gratos para sempre, porque só um grande amigo, companheiro de luta de todos os tempos sabe respeitar e homenagear um grande amigo. Tenho certeza que Bocão, como era conhecido por todos, está dando gargalhadas”.

Presenças

Também participaram da solenidade, os irmãos do homenageado Sônia Lima, Reginaldo, Carlos Eduardo e Maria Madalena; os reitores da UFS, Ângelo Antoniolli, da Unit Jouberto Uchôa; os deputados federais Fábio Reis e João Daniel; o deputado estadual Francisco Gualberto; o presidente da Cehop, Caetano Quaranta; o ex-presidente do Sergipe Tec, Marcos Vandi Lobão; os prefeitos de Itaporanga, Maria das Graças, e de Canindé, Heleno Silva, além do procurador Geral do MP, Rony Almeida; o presidente do Tribunal de Contas, Clóvis Barbosa, o ex-prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, o ex-secretário de Estado da Saúde, José Sobral, o ex-secretário de Turismo, Adilson Júnior,  o militante político Rômulo Rodrigues, engenheiros agrônomos, os secretários de Estado de Comunicação, Sales Neto; de Infraestrutura, Valmor Barbosa; de Meio Ambiente, Olivier Chagas; de Justiça, Antônio Hora, a representante do Governo do Estado em Brasília, Conceição Vieira, e diretores de órgãos. O ato contou com a benção do padre Paulo Henrique, da paróquia Nossa Senhora Auxiliadora.

Fonte: SEDETEC

Próximos Eventos