+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Nova estação sismográfica vai estudar tremores no Ceará

Após a ocorrência de novos tremores de terra entre os municípios de Solonópole e Jaguaribe, no Ceará, técnicos da Defesa Civil do estado e do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis) vão instalar, nesta quarta-feira (16), uma estação sismográfica na região para estudar as causas dos abalos.

A região teve dois novos tremores após os registrados no último dia 6 de março. Segundo o Núcleo de Sismologia da Defesa Civil do Ceará, houve um evento no sábado (12), de magnitude 2.3 na escala Richter. Na segunda  (14) pela manhã, um sismo mais forte atingiu 3.7.

De acordo com o núcleo, o epicentro fica na localidade de Nova Floresta, em Jaguaribe.  Segundo o LabSis, tremores de terra de magnitudes entre 3 e 4 não são raros no Ceará. No Nordeste, esses sismos têm relação com os esforços das rochas no interior da Terra devido ao calor.

No caso de Solonópole e Jaguaribe, existe a hipótese da chamadasismicidade induzida por reservatório, por conta da presença do açude Castanhão na região. Segundo essa hipótese, a água infiltrada na terra atua como um lubrificante entre as rochas.

O tremor mais forte registrado no Nordeste aconteceu em Pacajus, na Região Metropolitana de Fortaleza, em 1980, e teve magnitude de 5.3.

Fonte: EBC

Próximos Eventos