+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Natal Cultural do PCT Guamá envolve artistas e comunidades da Terra Firme

Mais de 200 crianças, seus familiares e educadores acompanharam, na manhã desta quinta-feira (11/12), uma programação ampla e interativa no Natal Cultural do Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá), que envolveu apresentações musicais de corais infantis da escola da Associação Comunitária Gabriel Pimenta, do bairro da Terra Firme, da cantora Gina Lobrista, exibição de audiovisual de animação, apresentação de hip hop com Fera e Cia, o artista cênico Saci e a Turma do Açaí.

O resgate de brincadeiras infantis regionais com o artista cênico Saci deram partida à programação, envolvendo as crianças em várias dinâmicas lúdicas com personagens míticos da região como o Pavulagem, o Saci e a Matinta Pereira. Em seguida, o diretor-presidente do PCT Guamá, Antônio Abelém, agradeceu a presença dos convidados, destacando o interesse do parque paraense em contribuir com iniciativas que fomentem a cultura e as oportunidades de desenvolvimento que podem ser geradas a partir de iniciativas em economia criativa. “Estamos aqui para agradecer um ano de conquistas importantes para o PCT Guamá e entre as iniciativas que temos para celebrar está a agregação de mais uma área de trabalho para o PCT Guamá, que é a economia criativa, um mercado crescente no mundo todo e que tem grande potencial em nossa região. Neste caminho, comemoramos o Natal Cultural trazendo ações que estão  estimulando o compartilhamento de conhecimento e da prática da economia criativa com uma programação que iniciou  com palestras de sensibilização sobre como pensar e fazer economia criativa. Depois, inauguramos o Bazar Cultural, reunindo vários produtos criativos de qualidade e com a cara da nossa região e para celebrar estes bons resultados convidamos vocês para participar desta diversa programação cultural”, declarou Abelém.
Paralelamente à programação artística, empreendedores da área de economia criativa participaram do Bazar Cultural, aberto na última terça-feira e que encerrou nesta quinta-feira com saldo positivo. “Esta iniciativa do Bazar foi muito importante para dar mais visibilidade aos nossos trabalhos, à cultura de nossa região e para compartilharmos conhecimento e arte-educação com públicos de várias idades”, comentou Saci. Depois da apresentação deste artista cênico, foi exibido o vídeo de animação em stop motion “O Natal de Sara”, produzido por adolescentes da Escola Estadual Domingos Acatauassu Nunes, do bairro do Marco, a partir de uma oficina com a Turma do Açaí.
Dinâmicas lúdicas com a Turma do Açaí envolveram a criançada em diversas brincadeiras e corais infantis de cinco turmas da escola infantil da Associação Comunitária Gabriel Pimenta apresentaram músicas natalinas, que encantaram o público. As coreografias ousadas e criativas do grupo de hip hop Fera e Cia também animaram as crianças. E a cantora Gina Lobrista mostrou parte do repertório musical de brega que está no topo das paradas das rádios locais, interagindo com o público, que posou para várias selfies com a artista. “Aproveitamos bastante a programação, que conseguiu acolher a comunidade e mostrar que nossas crianças e artistas têm muito talento e também trouxe alegria para nossos filhos”, disse Janira Souza, mãe de Daniel Vitor, que se apresentou no coral infantil.
O evento encerrou, em torno da árvore de natal de miriti, com a entrega de presentes para mais de 200 crianças das comunidades vizinhas atendidas pela Associação Comunitária Gabriel Pimenta, pelos ambulatórios de autismo e dificuldade de aprendizagem do Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza e crianças que participam de atividades culturais com a Turma do Açaí. “Esta programação foi um momento mágico para estas crianças, que têm uma realidade cotidiana tão difícil. Esperamos fortalecer esta parceria com o PCT Guamá para realizarmos outras iniciativas sociais e culturais na Terra Firme”, declarou a educadora Viviane Moraes, da escola da Associação Comunitária Gabriel Pimenta.
Parceiros – O Natal Cultural do PCT Guamá envolveu a parceria de várias empresas e de instituições ligadas às áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação e de Economia Criativa como o Centro de Excelência em Eficiência Energética da Amazônia (Ceamazon),  a Incubadora Pará Criativo, a Agência de Inovação da Universidade Federal do Pará (Universitec-UFPA), a Associação Comunitária Gabriel Pimenta, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), grupo de hip hop Fera e Cia, cantora Gina Lobrista, a empresa Duo Classic, o Instituto Tecnológico Vale (ITV), a CB Engenharia, o Comando da 8ª Região Militar- 8ª Divisão de Exército, o Centro de Valorização Agroalimentar de Compostos Bioativos da Amazônia (CVACBA), a equipe de transporte da Universidade Federal do Pará (UFPA), a Copem e doadores anônimos.
Rede – O PCT Guamá tem gestão da Fundação de Ciência e Tecnologia Guamá, organização social sem fins lucrativos,  criada por meio de um convênio entre a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), a UFPA e a UFRA. Conta com aporte financeiro da Secti, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), por meio da Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa (Fapespa).
Também tem o apoio da Embrapa Amazônia Oriental, da Eletrobras/Eletronorte, do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Pará (Sebrae-PA), da Agência de Inovação da Universidade Federal do Pará (Universitec/UFPA), da Universidade do Estado do Pará (UEPA), do Banco da Amazônia, da Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa), do Centro Internacional de Negócios-Fiepa, da Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), do Programa  Redes Inovação e Sustentabilidade Econômica, do Museu Paraense Emílio Goeldi e do Centro Universitário do Estado do Pará (Cesupa).
Fonte: SECTI-PA

Próximos Eventos