Giro nos Estados

MT marca presença em 64ª SBPC e Fórum Consecti e Confap

Mato Grosso conta com representação no 64ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e no ‘Fórum Consecti & Confap’, que reúne secretários estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação e ainda presidentes das FAPs

Mato Grosso conta com representação no 64ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e no ‘Fórum Consecti & Confap’, que reúne secretários estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação e ainda presidentes das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa. 

A SBPC, maior evento científico da América Latina, e o Fórum Consecti (Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação) e Confap (Conselho Nacional de Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa) acontecem em São Luís (MA) conta com a participação da secretária de Estado de Ciência e Tecnologia, Áurea Regina Ignácio, e do presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat), Flávio Teles. Os dois representantes mato-grossenses estiveram presentes na abertura da 64ª SBPC, realizada ontem (domingo), às 19h, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA). 

Já nesta segunda-feira (23) Áurea Regina e Flávio Teles marcam presença também no Fórum Consecti & Confap, ao qual o ministro de Ciência e Tecnologia, Marco Antônio Raupp, também participa como palestrante com o tema “Estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e Informação – Desafios e Conhecimentos”. 

De acordo com Áurea Regina, um dos assuntos abordados durante o fórum será o “Cenário dos Parques Tecnológicos no Brasil”, com as experiências trazidas pelos estados de Santa Catarina, Pará, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Rio de Janeiro. Elas vão se somar ao diálogo permanente sobre “O Papel dos parques Temáticos dentro do Programa Brasil Maior”, assunto que será conduzido amanhã (terça-feira/24). Para Áurea Regina, como Mato Grosso, se prepara para instalar nos próximos meses um parque tecnológico, é de suma importância a busca de experiência e troca de informações com outros estados onde já existem os mesmos.         

“Além disso, as parcerias que o Brasil pode estabelecer com outros países estarão em destaque durante o encontro, com a palestra do professor Luigi Nicolas, presidente do Conselho Nacional de Pesquisa da Itália, que vai falar sobre as oportunidades científicas e tecnológicas entre o Brasil e a Itália”, conta a secretária de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso. 

Nos três dias de programação do Fórum, que acontece até quarta-feira (25), as expectativas, os desafios e prognósticos para o desenvolvimento da ciência, vão ser abordados em diferentes panoramas. O papel das agências financiadoras para projetos de Parques Tecnológicos será um dos temas mais aguardados do encontro e será explanado pelo presidente do Finep, Glauco Arbix, e mediado pelo presidente da CNPq, Glaucius Oliva. 

Fonte: Assessoria de Imprensa Secitec-MT

Próximos Eventos