+55 (61) 4101-6508 / 4101-6509

Giro nos Estados

Movimento pede criação de FAP em Rondônia

A maioria dos incentivos financeiros nacionais direcionados a C&T são divididos em cotas que beneficiam as regiões do país que mais têm doutores pesquisadores capazes de gerar novas pesquisas científicas e produção do conhecimento.

Por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), o Amazonas já conseguiu formar mais de 120 doutores nos últimos anos, o que representa muito se comparado ao número de doutores que havia no Estado antes da criação da Fap em 2003.

Depois da FAPEAM, o norte do Brasil já conta com as Fundações de Amparo à Pesquisa do Pará (Fapespa) e do Amapá (Fundação Tumucumaque). A atual meta é promover um intercâmbio entre as Fundações e incentivar a criação da Fap de Rondônia, para reforçar a atuação regional no cenário nacional de políticas públicas de C&T.

Esta mobilização começou na quinta-feira (15/07) com uma reunião que conta com importantes pesquisadores e representantes de conceituadas Instituições de Pesquisa e Faps do país.

Ouça a reportagem na Rádio Fapeam

Fonte: Agência Fapeam

Compartilhe:

    Próximos Eventos