Giro nos Estados

Missão da Sectec Goiás à Itália visita Grupo Pieralisi

Como parte da agenda da missão oficial da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sectec) à Itália, o secretário Mauro Faiad e equipe visitaram nesta quarta-feira em Jesi as instalações do Grupo Pieralisi. O secretário e a superintendente de Inovação da Sectec, Aline Figlioli, foram recebidos pelo presidente mundial do grupo, Gennaro Pieralisi.

O Grupo Pieralisi, que tem uma filial no Brasil, onde atua em vários Estados, é lider mundial em processos de centrifugação. A companhia atua na produção de máquinas centrífugas, utilizada tanto para o processamento de alimentos, como óleo e leite, quanto para purificação e separação de resíduos sólidos e líquidos. Em Goiânia, as centrífugas da Pieralisi são empregadas no tratamento de resíduos da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

O presidente do Grupo disse que a companhia está interessada em expandir seus negócios no Brasil e o secretário Mauro Faiad disse que, entre as possibilidades de parcerias está a instalação de uma unidade de pesquisa e desenvolvimento no Parque Tecnológico de Anápolis. A companhia e a Sectec decidiram marcar um encontro em Goiânia, em setembro, para avaliar as possibilidades de investimentos da Pieralisi em Goiás.

Missão
O objetivo principal da missão da Sectec à Itália é conhecer as instalações do Instituto Meccano e tratar da proposta de parceria feita pela instituição durante encontro realizado em janeiro em Goiânia. O secretário esteve no Mecanno na última terça-feira, visitando as instalações do instituto nas cidades de Fabriano e Jesi, nos arredores de Ancona, capital de Marche. Nesta quarta-feira (3 de julho), o secretário esteve novamente na unidade da Meccano em Jesi para tratar da parceria.
A visita da Sectec ao Meccano faz parte das tratativas entre o Governo de Goiás e a Federação da Indústria do Estado de Goiás (Fieg) para a abertura de escritórios do instituto em Goiás. Especializado na certificação de produtos industriais, o instituto, sem fins lucrativos, está interessado em abrir escritórios em território goiano em função da forte expansão do setor metal-mecânico em Goiás – o Estado tem unidades de montagem da Mitsubishi, da Hyundai e da John Deere, além da Suzuki, em implantação em Itumbiara. No Brasil, há uma unidade da Meccano apenas no ABC Paulista.
A intenção da Meccano é abrir um escritório central em Goiânia e duas filiais, uma em Anápolis e outra em Catalão. O secretário e a superintendente de Inovação foram recebidos pelo presidente do Meccano, Gennaro Pieralisi, e pela CEO do instituto, Letizia Urbani. A CEO apresentou as instalações do instituto em Fabriano e Jesi à comitiva da Sectec e depois acompanhou os integrantes do Governo de Goiás em jantar oferecido pelo presidente do Meccano.

Fonte: SECTEC-GO

Próximos Eventos