Giro nos Estados

Missão comercial do Governo de Goiás: oportunidades na Rússia

A delegação goiana chefiada pelo vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico (SED), José Eliton, iniciou nesta segunda-feira (22/06) missão comercial a três países do leste europeu e cumpriu pela manhã o primeiro compromisso em Moscou. O atual perfil do mercado russo foi apresentado para os empresários do Estado em reunião na embaixada do Brasil. A agenda de negócios segue até o dia 4 de julho.

 A missão comercial internacional de Goiás à Rússia, Belarus e Polônia tem a finalidade de apresentar as potencialidades do Estado. O objetivo é atrair investimentos que proporcionem a celebração de parcerias comerciais e científico-tecnológicas. Além de empresários de diferentes segmentos, a comitiva conta com a presença do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Pedro Alves.

Na primeira reunião, o chefe do escritório da Agência Brasileira de Apoio a Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) em Moscou, Almir Américo, falou sobre as características do mercado russo. Em seguida, o adido de Comércio e Investimento da Embaixada do Brasil na Federação Russa, Lucas Beltrami, apresentou características de segmentos da economia que interessam a Goiás no contexto exportação/importação, como carnes, fármacos e fertilizantes.

Ainda na embaixada, representantes da empresa DHL Global Forwarding, Evgeny Molofeev, gerente de Desenvolvimento de Negócios, e Stanley Rapoport, gerente do Setor de Comércio, discorreram sobre a logística para o comércio com a Rússia, desde transportes, armazenagem, questões alfandegárias e distribuição de produtos.

Oportunidades

O chefe da comitiva, vice-governador José Eliton, participou da abertura do evento e destacou que Goiás vai prosperar na busca de novos negócios no leste europeu. “Estamos diante de uma janela de oportunidades”, disse ele. Na sequência, manteve audiência com o embaixador do Brasil na Rússia, Antônio José Vallim Guerreiro.

A delegação goiana conta com a presença de representantes dos setores da indústria de carnes de aves, suínos e embutidos; cereais matinais; indústrias de carnes bovinas; logística em comércio exterior (representando clientes de várias áreas empresariais); indústria de produtos derivados de trigo; e de adubos e fertilizantes. Várias entidades, como a Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) e o Sindicato das Indústrias Farmacêuticas no Estado de Goiás (Sindifargo) também participam da delegação.

Empresários russos demonstram interesse em visitar Goiás para aprofundar negócios

A missão comercial e empresarial goiana participou no período da tarde em Moscou de seminário sobre as possibilidades de negócios na sede da All Russia Public Organization (Business Russia). O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico (SED), José Eliton, e a comitiva que lidera foram recepcionados pela vice-presidente e chefe do Departamento de Assuntos Internacionais do organismo, Kagramanyan Nonna Sayadovna.

O vice-governador José Eliton fez uma exposição sobre o estado de Goiás para uma plateia composta por empresários e autoridades locais. Na sequência, aconteceram as apresentações dos empresários goianos e dos empreendedores da Rússia. Por último, foi realizada uma rodada de negócios.

Os empresários russos demonstraram interesse em visitar o estado para aprofundar conhecimentos a respeito de suas potencialidades. As apresentações locais foram centradas no potencial tecnológico da Rússia, desde projetos de controle e segurança até processos inovadores para o setor agrícola.

O turismo também foi destaque, na medida em que a Rússia quer despertar interesse no mundo para outras cidades fora do circuito Moscou-San Petesburgo. O vice-governador José Eliton convidou os presentes a conhecerem os atrativos turísticos de Goiás e citou as diferentes opções.

Os empresários goianos destacaram o ambiente de negócios favoráveis no Estado, a força do setor primário e da indústria nascente. Ressaltaram ainda as parcerias entre Governo do Estado e iniciativa privada que propiciam iniciativas positivas. Os incentivos fiscais e a logística em expansão foram apontados como fatores estratégicos que impulsionam a aproximação comercial entre Goiás e Rússia.

Rússia

Localizada no norte da Ásia e no leste da Europa, a Rússia apresentou considerável crescimento nos últimos anos. No ano passado, o país figurou com o 12º mercado mundial, sendo o 9º exportador e o 17º importador.

A corrente de comércio entre Goiás e Rússia atingiu, no ano passado, o valor de US$ 553 milhões, com saldo favorável ao Estado de US$ 306 milhões. Os principais produtos goianos exportados foram carnes, soja, ave, açúcar, ferronióbio, preparações alimentícias, vermiculitas e cloritas. Fizeram o caminho inverso os produtos: adubos e fertilizantes, enxofre, papel jornal, máquinas e aparelhos elétricos e produtos químicos orgânicos. A Rússia foi o terceiro principal destino dos produtos goianos e o sétimo na origem das importações locais.

Vice-presidente e titular da SED, José Eliton acredita que as exportações goianas para aquele país devem ter aumento substancial ainda este ano: “Os russos são grandes compradores de proteína animal e Goiás tem produtos de qualidade para atendê-los. Vamos trabalhar para que eles ampliem as compras da nossa produção”, ressaltou.

Fonte: SED-Goiás

Próximos Eventos