Giro nos Estados

Ministro discute ações de ciência, tecnologia e inovação para o Estado do Rio

O novo secretário de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro, Gustavo Tutuca, reuniu-se na quinta-feira com  o ministro Marco Antonio Raupp, em Brasília. Ambos conversaram sobre os parques tecnológicos, redes de fibra ótica e possibilidades no âmbito do Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação (TI Maior).

– Vamos juntar forças e atingir uma proposta de trabalho comum. Podemos, por exemplo, atrair ainda mais empresas internacionais para criação de centros de pesquisa e desenvolvimento no Brasil. O Rio de Janeiro é uma vitrine. Vamos nos aproximar, buscar novas ideias – afirmou o ministro.

Raupp classificou 2013 como um ano de investimento em inovação e convidou o estado a participar do esforço.

– Queremos que a Faperj (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro) seja um agente dos nossos programas.

O secretário-executivo do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação (MCTI), Luiz Antonio Elias, ressaltou a importância de conectar instituições da capital e do interior por meio de fibra ótica. Para o ministro, a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP, organização social supervisionada pelo MCTI) pode contribuir no processo de interligação de todo o estado.

Parques tecnológicos

A aproximação entre academia e empresas deve ganhar impulso com a construção de parques tecnológicos em Petrópolis, próximo ao Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), e em Barra Mansa, município do Sul Fluminense. Já o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCTI, Alvaro Prata, apontou para a necessidade de ação conjunta para viabilizar as iniciativas.

– Prefeitura, estado, governo federal, Poder Legislativo, instituições de ensino – sem essa legitimidade, não funciona, ou demora mais – disse.

O secretário Gustavo Tutuca ressaltou que o Rio de Janeiro sedia o 6º Fórum Mundial de Ciência, de 24 a 26 de novembro. Promovido desde 2003 pela Academia de Ciências da Hungria, o evento ocorre pela primeira vez fora do país europeu.

Fonte: SECT-RJ

Próximos Eventos