+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Membros das Câmaras da Fapitec/SE são empossados

Na última sexta-feira, 8, aconteceu a posse dos 24 membros da Câmara  de Assessoramento na Universidade Federal de Sergipe (UFS). As Câmaras atuam avaliando e acompanhando  os processos relacionados aos programas de estímulo à pesquisa científica e tecnológica da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec/SE).

O presidente da Fapitec/SE, José Ricardo de Santana, destacou a importância da atuação das Câmaras. “O nosso controle maior é feito internamente com as Câmaras. Isso para mim é o coração da Fundação. As câmaras de assessoramento técnico é aquilo de mais importante nas Fundações. No âmbito da Fapitec, temos esse reconhecimento do trabalho que é feito”.

Para o professor da UFS e membro da Câmara de Ciências da Saúde, Lucindo José Quintans Júnior,  as Câmaras exercem um papel importante no processo de julgamento dos editais e fiscalização dos recursos da Fapitec/SE.

“As câmaras atuam como o coração da Fapitec/SE. As decisões de encaminhamento para onde caminha a ciência passa muito pelas Câmaras. O olhar de pesquisadores que trazem as demandas, os direcionamentos, as formas de avaliação mais isentas e além de atuar na fiscalização dos recursos ds Fapitec.  A parte mais importante é trazer para a Fapitec as demandas essenciais, que a comunidade sente, principalmente, nesse momento de problemas sociais que estamos vivendo com a Zika”, destacou.

Palestras

Durante solenidade, o diretor técnico da Fapitec/SE, Eduardo Oliva, explicou como as Câmaras atuam e as suas principais contribuições. “As Câmaras garantem a idoneidade das ações da Fapitec para realizar o julgamento dos editais”.

Já o diretor financeiro da Fapitec/SE, Josenito Oliveira, destacou a importância do novo Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, que foi discutido durante a Conferência de Ciência, Tecnologia e Inovação em 2015. “Esse plano é de extrema importância, pois aponta os caminhos da ciência, tecnologia e inovação em nosso estado. É de fundamental que os novos membros das Câmaras tenham conhecimento”.

Também participou da solenidade, a representante da Associação Sergipana de Ciência, Ana Figueredo Maia, que destacou a atuação da Associação em Sergipe a importância da participação de mais pesquisadores  para fortalecer a ciência no estado.

Fonte: Fapitec/SE

Próximos Eventos