+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Maranhão inaugura ponto de internet grátis em bairro de São Luis

 Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) inaugurou, na manhã de ontem (12), mais um ponto de Wiffi Grátis, desta vez na feira do bairro Anjo da Guarda, em São Luís. O evento  foi marcado pela forte presença de líderanças locais, que, ao lado do secretário Bira do Pindaré e do presidente da empresa Telecomunicações Nordeste Ltda (TVN), Augusto, descerraram a placa. Parte do ‘Programa Cidadania Digital’, o Wifi Grátis faz parte do plano de metas da Secti pela democratização do acesso à internet em todo o Estado.

“Na última quarta-feira inauguramos esse serviço no bairro da Cidade Operária e agora disponibilizando também para o Anjo da Guarda, bairros que têm um grande registro populacional. Por enquanto são dois pontos, mas a nossa meta é ampliar o serviço para várias regiões da capital e também para municípios do interior do Estado”, revelou Bira do Pindaré.

O governo está priorizando a implantação dos pontos em feiras e praças, locais de grande concentração de pessoas. A ação beneficia pequenos comerciantes, feirantes, clientes e todos os que circulam e transitam pela região, o que faz movimentar a área de comércio. O secretário observou que o termo firmado entre a Secti e a TVN permite o uso, sem ônus para o Estado, da rede de fibra ótica da empresa.

“A TVN é uma empresa genuinamente maranhense e louvamos essa parceria que valoriza os empreendimentos locais na área de tecnologia. A parceira está nos permitindo expandir o acesso a internet que é tão importante para o desenvolvimento social e econômico do Estado”, enfatizou o secretário.

CIDADANIA DIGITAL

O Wifi Grátis é uma ação do ‘Programa Cidadania Digital’, que faz parte do plano de metas do governo Flávio Dino, e visa democratizar o acesso à Internet em todo o estado. Além dos pontos de WiFi Grátis, o ‘Cidadania Digital’ prevê a implantação de uma infraestrutura de rede baseada em fibras óticas, cobrindo uma parte substancial do estado.

A ideia é criar ‘Pontos do Saber’ em diversos municípios, privilegiando comunidades quilombolas, assentamentos rurais e aldeias indígenas. Cada ‘Ponto do Saber’ será um tele centro conceituado, permitindo ao público o acesso a serviços online, educação e atividades multidisciplinares.

Segundo o secretário essas são ações conjuntas e tem o objetivo de aumentar a inclusão digital no estado. “O nosso foco é mudar o último levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia (IBGE) que apontou o Maranhão como um dos estados brasileiros que possui os maiores índices de exclusão à Internet. Partimos do entendimento de que é impossível falar em desenvolvimento sem democratizar o acesso das pessoas ao conhecimento e informação”, concluiu Bira do Pindaré.

Fonte: SECTI-MA

Próximos Eventos