+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Mais engenheiros para o Amazonas

A formação de engenheiros no Amazonas ganhou mais um reforço, nesta quarta-feira (18), com a aula inaugural do Programa Estratégico de Indução à Formação de Recursos Humanos em Engenharias no Amazonas (Pró-Engenharias). O evento marcou o início das atividades e a parceria firmada entre o governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), e a Fucapi para estimular estudantes do Ensino Médio a seguirem a carreira acadêmica e profissional na área da Engenharia. Ao todo, serão 40 alunos qualificados, sendo 20 oriundos da Escola Fucapi e 20 estudantes de escolas públicas do entorno.

A aula inaugural foi realizada no auditório do Senai, localizado na Av. Rodrigo Otávio, nº 2394, Distrito Industrial, e reuniu gestores, professores, pais e os alunos selecionados para participar do Programa.

Durante a abertura das atividades, a diretora-presidenta da FAPEAM, Maria Olívia Simão, lembrou-se do pioneirismo do ex-diretor-presidente da FAP e ex-secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), Odenildo Teixeira Sena, que vislumbrou a necessidade de investir na formação de jovens e estimulá-los a seguirem a carreira acadêmica e profissional na área de Engenheira, frente ao cenário nacional e regional.

“Os gestores têm as ideias e os técnicos põem a mão na massa. Por este motivo, também quero ressaltar o trabalho realizado pelo Eduardo Taveira, que à época estava na antiga Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Sect/AM), e do ex-assessor da presidência da FAPEAM, Edilson Soares, que trabalharam na elaboração do Edital e na execução do piloto nas escolas públicas. Precisávamos buscar essas competências e talentos dos alunos. Vimos à necessidade de ir muito além de dar o conhecimento”, ressaltou.

Sobre a implantação do Pró-Engenharias na Fucapi, Maria Olívia reiterou o trabalho sério desenvolvido e o ensino técnico já existente em sua essência na escola, o histórico e a inovação. “Queremos pensar o ensino e a formação dentro de espaços diferenciados e permitir que estudantes que moram no entorno e não estudam na Fucapi tenham também a oportunidade de participar. É uma ação extremamente importante e estratégica para o Amazonas”.

Em sua fala, a diretora-presidenta da Fucapi, Isa Assef, destacou a importância do investimento na formação de engenheiros para o Amazonas desde o Ensino Médio. Ela lembrou que o mercado é competitivo, por isso é preciso estar preparado. “Os alunos que foram selecionados precisam se dedicar ao Programa e aproveitar cada minuto. Professores, tenham paciência com os alunos. O país enfrenta dificuldades em diversas áreas, temos que nos impor pelo conhecimento. Não desistam no caminho em qualquer que seja a dificuldade. Aproveitem a oportunidade”.

Isa Assef também agradeceu o apoio recebido da FAPEAM e da antiga Secti/AM e reiterou a relevância de ambas para o desenvolvimento do Amazonas.

Pai de um dos estudantes selecionados para o Pró-Engenharia, Robson da Silva dos Santos falou emocionado sobre o ingresso da filha no Programa. Ele disse que sempre quis estudar na Fucapi, contudo por ter que trabalhar e as viagens feitas para fora do Estado, nunca pode realizar o sonho. “Fico feliz de ver minha filha concretizando algo que não puder fazer. Fico preocupado por ela ter que se ausentar o dia todo, mas tenho a convicção de que estará bem”.

Como funcionará

Os alunos participantes da iniciativa vão receber aulas diferenciadas durante os três anos do Ensino Médio na Fucapi. Além disso, receberão uma bolsa de estudo remunerada. Serão utilizados alguns métodos de engenharia aplicados na prática para incentivar os estudantes a gostarem da profissão e os mesmos serão preparados para o Enem e para graduação posteriormente.

O Programa Pró-Engenharias tem a previsão de concluir as atividades em dezembro de 2017. O termo de acordo de Cooperação Técnico-Científica do Programa foi assinado em abril do ano passado por gestores da Fucapi e da FAPEAM.

Mais engenheiros no Amazonas

O projeto piloto do Pró-Engenharias iniciou no Instituto de Educação do Amazonas (IEA), com a seleção de alunos apoiados pela FAPEAM por meio de concessão de bolsas. A segunda edição foi realizada no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Profº Eng. Sérgio Alfredo Pessoa Figueiredo. Aproximadamente 200 estudantes do Ensino Médio participaram deste processo.

As bolsas concedidas aos estudantes, professores e coordenadores, exercem um papel social importante, reduzindo o risco do abandono escolar pela oferta de subempregos. O Programa oportuniza a valorização do currículo, como experiência profissional às atividades como pesquisador bolsista da Fapeam.

Sobre o Pró-Engenharias

O Programa Estratégico de Indução à Formação de Recursos Humanos em Engenharias no Amazonas (Pró-Engenharias) visa a fomentar o desenvolvimento da área de Engenharia, estimulando estudantes, a partir do segundo ano do Ensino Médio, a seguirem carreira acadêmica e profissional na área, por meio de atividades orientadas, executadas em escola da rede pública estadual de ensino sediada na cidade de Manaus.

Fonte: FAPEAM

Próximos Eventos