+55 (61) 9 7400-2446

Giro nos Estados

Mais de 5 mil alunos de ensino técnico rural se formam nesta quarta (19) no Tocantins

Foi realizada na última quarta-feira (19),  em Palmas (TO), a formatura de 5 mil alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego no Campo (Pronatec Campo) no Tocantins. Nos últimos seis meses, estudantes de ensino médico fizeram cursos profissionalizantes em oito modalidades diferentes. Foram utilizadas 169 escolas da rede de ensino do estado, atendendo a 122 cidades, com investimento de R$ 4,5 milhões.

No Tocantins, foram formadas 353 turmas nos cursos de horticultura, fruticultura, bovinocultura de leite, bovinocultura de corte, apicultura, piscicultura, avicultura, sistema de irrigação e beneficiamento de mandioca. Os cursos são ministrados por instrutores profissionais do Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), especialmente treinados na metodologia do programa do governo federal e com o apoio de mobilizadores locais em cada município.

A cerimônia de formatura terá a presença da presidenta Dilma Rousseff, do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e do governador do Tocantins, Siqueira Campos. A presidenta entregará, pessoalmente, certificados a 13 alunos, que representarão a turma de formandos. Durante o evento, os presentes serão brindados com uma apresentação da Orquestra Sinfônica do Tocantins.

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) é um empreendimento do governo federal, realizado em parceria entre o Ministério da Educação e as instituições do Sistema S. No setor rural, o Pronatec Campo é desenvolvido pelo MEC e o Senar. No Tocantins, houve o apoio da Secretaria Estadual de Educação.

O público-alvo do Pronatec Campo são estudantes matriculados na 2ª ou 3ª série do Ensino Médio, e que tenham algum vínculo com a Zona Rural. Na maioria dos casos, são filhos de proprietários rurais que pretendem permanecer no setor. Além do curso técnico e da oportunidade de montar o seu próprio negócio, os alunos são estimulados também a seguir carreira acadêmica, complementando os estudos nas áreas de agronomia, zootecnia e medicina veterinária.

Os cursos têm carga horária mínima de 160 horas, sendo 32 horas aulas teóricas e 88 horas de aulas práticas, além de outras 40 horas de aulas sobre empreendedorismo. O Pronatec ensina o aluno a elaborar um plano de negócios com a atividade escolhida e, para obter aprovação, deve alcançar o mínimo de 75% de frequência para ser certificado.

Os 5 mil formandos no Tocantins representam 20% de todos os estudantes que participaram do programa nos 26 estados do Brasil, além do Distrito Federal, neste ano. Ao todo foram 25 mil beneficiados e no próximo ano a previsão é de que o estado tenha mais 8 mil vagas das 50 mil que o governo federal pretende atender em todo o País.

Plano Safra

O Pronatec Campo está inserido no Plano Safra da Agricultura Familiar 2012/2013, como estratégia voltada para a juventude rural, como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) Jovem e as chamadas públicas voltadas para esse segmento.

O Pronatec tem como objetivo elevar a educação e qualificar a formação de jovens e adultos por meio da expansão, interiorização e democratização da oferta de cursos de educação profissional e tecnológica para a população brasileira. Para isso, prevê uma série de subprogramas, projetos e ações de assistência técnica e financeira que, juntos, oferecerão 8 milhões de vagas a brasileiros de diferentes perfis, entre eles a juventude no campo, nos próximos quatro anos.

Fonte: Secretaria Nacional de Aprendizagem Rural

Próximos Eventos